'Dai-me paciência Senhor!' Não sei quantas vezes fiz essa oração, suplicando a Deus por paciência. Entre as minhas lutas diárias a falta de paciência está no topo do checklist que preciso deixar sob 'o controle' do doce Espírito Santo. Nunca fui boa 'em ter paciência'. Diferente do meu marido que é a paciência em pessoa. Nunca fui boa em esperar, mas Deus tem me ensinado, e às vezes da forma mais dura e dolorosa, a virtude da paciência. 

A paciência não é apenas uma virtude, é um fruto do Espírito ( Gálatas 5:22), e como fruto do Espírito precisa ser constantemente forjado em nós. E como Deus faz isso? Na maioria das vezes usando as circunstâncias frustantes do dia a dia. Quando temos um dia difícil com as crianças que têm dificuldade em obedecer, ou com o marido que sempre esquece do que você pediu para fazer o jantar, ou com as horas que você passa no trânsito ou na fila do banco, Deus está te ensinando a paciência.

Assim como o contentamento a  paciência também é aprendida. Ela é o fruto do Espírito Santo, moldado em nós. Não é um traço de caráter natural. Não nascemos pacientes. Nascemos gritando por leite e queremos imediatamente! 

 Em Gálatas 5:22, o apóstolo Paulo descreve a paciência como 'longanimidade', uma palavra que, de acordo com o dicionário  Webster, significa "longa e paciente resistência de dano, perturbação ou provocação".  Em outras palavras, ser paciente é ser resistente às pertubações e provocações do dia a dia. Por mais que seja difícil e para algumas quase que impossível  manter o auto controle e o equilíbrio diante da bagunça e confusão em que vivemos, não devemos deixar de buscar e orar por paciência.

Talvez você se sinta frustrada ao orar por paciência. Pois parece que quanto mais ora por ela, mais situações opostas surgem e se levanta em sua vida. Isso acontece porque estamos constantemente lutando contra a nossa própria natureza, que é impaciente. Não desanime de orar por paciência e de resistir a resposta natural da impaciência, que te leva ao estresse, raiva e frustração. 

Quando você ora por paciência, você está pedindo a Deus um pouquinho da natureza Dele em você. Enquanto somos impacientes, Deus é extremamente paciente. Você já parou para pensar o quanto Deus é paciente? A longanimidade ou paciência faz parte da natureza de Deus. Deus não é apenas paciente, Ele é a paciência. É como ele define a si mesmo: "E passou diante de Moisés, proclamando: Senhor, Senhor, Deus compassivo e misericordioso, paciente, cheio de amor e de fidelidade" (Êxodo 34:6)





Ontem foi a primeira reunião da MEL - Mulheres que Edificam Lares , de 2017. Saí de lá tão agradecida em ver tantas mulheres sendo restauradas pelo Senhor, sendo curadas do seu jeito de pensar e das atitudes que não glorificam a Deus.
Sempre digo nas reuniões da MEL que EDIFICAR é uma decisão. Todos os dias eu preciso decidir edificar ao invés de derribar. Até mesmo porque derribar é mais fácil que edificar.  Edificar exige esforço, renúncia, controle próprio e tempo. Não se edifica de um dia para a noite.  Cada dia é um tijolo que assentamos na 'construção família' que estamos erguendo.

Não são poucos os desafios que enfrentamos, para erguer uma casa abençoada. Desafio estes, que precisam ser transpostos, ultrapassados e vencidos! Por isso  inspirada na ministração da reunião da MEL de ontem, estarei compartilhando com você em uma série de post sobre 'Os desafios de Edificar uma família abençoada'.

Acredito que um dos maiores desafio seja nós mesmas. Eu sei que você gostaria de ouvir que o seu  maior problema é o seu marido, os seus filhos, a nora ou o genro, e até mesmo a sogra, mas não. O maior desafio e problema é vencer a você mesma. É vencer a nossa natureza pecaminosa, o nosso eu, os nossos viciozinhos, as nossas maniazinha, os nossos mimimi. É olhar para você mesma e fazer uma análise como o salmista fez: 'Vê se há em mim algum caminho mal...' Mas uma análise sincera, vindo de um coração que deseja desesperadamente ser transformado e mudado pelo Senhor.

Quando aceitamos o chamado de Deus para edificar com sabedoria, o primeiro embate será entre a nossa carne e o nosso espírito. Será uma luta travada. O espírito de um lado dizendo para você ser tolerante com o marido que te deixou meia hora te esperando na porta do consultório, e a carne gritando para você dar a maior bronca. O espírito de um lado dizendo para você ser paciente e ensinar pela milésima vez o seu filho ou filha a arrumar a cama pela manhã, e a carne gritando para você corrigir com severidade. O espírito de um lado dizendo para você ser misericordiosa e a carne do outro dizendo para você impor autoridade, ou melhor austeridade. Será uma luta e tanto!

Tenho vivenciado essa luta. Não foram poucas as vezes que supliquei desesperadamente ao Senhor por mudança e transformação.  Quantas vezes em lágrimas orei a Deus pedindo  para ser uma mulher melhor. Lutei com Deus como Jacó lutou no vau de Jaboque.
Se você conhece a história de Jacó sabe o quanto ele precisava de uma transformação. Com uma vida carregada de erros, mentiras, engano, Jacó precisava desesperadamente que Deus o mudasse. E foi justamente isto que Deus fez! Ao mudar o nome de Jacó para Israel Deus estava mudando seu jeito de ser. O nome de Jacó implicava em um passado que ele não queria mais viver. Por isso ele lutou a noite toda com o anjo do Senhor. Não sei quanto tempo você lutará com você mesma e com Deus por sua transformação, mas não desista. Continue lutando, continue insistindo, até Deus tocar em você. Em Jacó Deus tocou na coxa, deixando-o manco, simbolizando que daquele dia em diante Jacó seria totalmente dependente de Deus. Não sei em que área de sua vida Deus precisa tocar, mais uma coisa é certa, se você começar a lutar com Deus pela sua mudança e trasformação para ser uma esposa melhor, uma mãe melhor, uma mulher melhor, Deus certamente o fará!
No amor de Cristo,
Adriana de Paula.




     A paz minha amada!

       Depois de tanto tempo sem atualizar o blog se faz necessário algumas explicações. Confesso que estava morrendo de saudades de estar aqui, mas algumas situações e enfermidades me fizeram estar ausente. 2016 foi um ano de muita prova em relação a minha saúde. Faz muitos anos que sofro com dores nos nervos e nas articulações, mas nada comparado a que venho sofrendo nestes dois últimos anos. Depois de uma crise com dores horríveis em 2015, que me deixou quase três semanas acamada,  fui diagnosticada com fibromialgia. De lá para cá tenho ficado de pé com a graça de Deus. 

    A  fibromialgia é um transtorno de dor crônica complexa que causa dor generalizada e sensibilidade ao toque, que pode ocorrer em todo o corpo ou em alguns pontos. Apesar de estar sendo medicada, nunca sei como vou acordar e a onde vai doer. Tem dia que levanto bem, tem dia que parece que um caminhão passou por cima de mim. Tem dia que estou tão segura e confiante, mas tem dia que as minhas emoções estão tão quebradas como arroz de quinta. A fibromialgia é muito relacionada ao emocional, e 2016 foi um ano de grande desgaste emocional com a mudança do meu filho para a Rússia. E acredito que isso agravou ainda mais a situação. 

    Além das dores físicas, cansaço e fadiga extrema, nos últimos meses comecei a ter muita dificuldade de concentração, e memorização. E isso começou a me deixar muita abatida, pois uns dos talentos que o Senhor me deu foi justamente a facilidade de memorizar textos e versículos bíblicos. Com a mente enevoada  não sentia inspiração para escrever, seja para o blog ou para preparar os sermões para as  minhas ministrações. Não foram poucas as vezes que cumpri compromissos e agendas para ministrar  com muitas dores e exaustão. Mas até aqui o Senhor tem me ajudado.

       Apesar de me sentir muito abatida diante das dores físicas e frustrações mentais, não me senti  e não me sinto destruída,  "Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos mas não desanimados; perseguidos mas não desamparados; abatidos mas não destruídos,".  Tenho estado abatida diante das provas e lutas que tenho enfrentado, mas jamais serei destruída! Porque ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior contudo se renova dia após dia!  Apesar das dores e aflições, eu sei em quem eu tenho crido! E sei que se Ele quiser me curar da fibromialgia que pela medicina é incurável, basta uma só palavra Dele ao meu respeito. E enquanto isso não acontece, ouço Ele me dizendo todos os dias: Adriana, a minha graça te basta! E é através da Graça de Deus e do seu Poder que se manifesta nas minhas fraquezas, é quero começar 2017  'não atentando para as coisa que se veem, mas para as que não se veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas! 

      Ontem no culto das mulheres  na minha igreja,  enquanto um jovem adorava a Deus com o louvor 'Tua Graça me Basta' ouvi mais uma vez Deus dizendo ao  meu coração, ' Adriana a minha Graça te basta!' Não pude conter as lágrimas, e colocar para fora a dor da minha alma. Saí de lá tão leve e ao mesmo tempo tão confiante, sabendo que a Graça do Eterno é a unica coisa que eu preciso para continuar fazendo a vontade de Deus. 

No Amor de Cristo,
Adriana de Paula.


   

Ser uma mulher segundo o coração de Deus é ser uma mulher controlada pelo Espírito Santo. Quando penso em 'ser controlada', logo me vem a mente alguém exercendo controle sobre você, a ponto de não te deixar fazer aquilo que habitualmente você tem ou tinha costume de fazer.

Como mera mortal, sei o quanto é uma luta travada deixar de viver as obras da carne e viver os frutos do Espírito. É uma luta diária. Todos os dias você tem que lutar com a sua natureza carnal, e deixar-se ser dominada pelo Espírito Santo de Deus. É um desafio e tanto! Pois sempre a nossa natureza carnal está gritando e lutando por espaço em nossas vidas. É uma luta diária, e todos os dias temos que lutar para deixar a nossa 'Eva' dormindo. É um desafio e tanto deixar de estar no 'controle de tudo' para entregar o controle a Deus. Mas o Senhor é habilidoso em moldar nossas vidas através das provações e tentações a ponto de entregarmos toda a rédeas de nossas vidas em Suas mãos para sermos controlada por Ele.

     Estamos diante de um novo seriado de lições da Escola Bíblica Dominical da CPAD com o tema As Obras da Carne e os Frutos do Espírito. Acredito que será uma benção para o nosso crescimento espiritual. Por isso estarei no decorrer deste seriado de lições, postando aqui no blog um estudo que fiz há alguns anos atrás, sobre os  Frutos do Espírito e outros temas relacionados a lição. Espero profundamente que seja tocada e abençoada através dos caminhos que iremos percorrer dentro das Escrituras Sagradas. Portanto pegue uma caneta para suas anotações, abra o seu coração e deixe Deus ministrar em você através do estudo da Palavra!

No amor de Cristo,
Adriana de Paula.

Hoje pela manhã fazendo algumas comprinhas no supermercado me deparei com uma bandeja de almôndegas. Quando as vi, me veio algumas memórias da infância. A minha mãe sempre fazia almôndegas em casa e eram maravilhosas. Engraçado o quanto a comida tem o poder de nós trazer doces recordações. Dizem por aí que cozinhar é uma das formas de amar, é eu concordo plenamente! Acredito que quando preparamos a refeição para a família com amor, aquele prato e  o momento fica eternizando  no coração, principalmente dos pequenos
Quando vi a bandeja de almôndegas  não resisti e levei para casa. Preparei com tanto carinho, que recebi vários elogios pelo simples prato de almôndegas!
 Vou compartilhar a receita com vocês, pois é bem prática  e barata, e  com certeza vai render muitos elogios!


Você vai precisar de uma bandeja de almôndegas, ou pode fazê-las em casa mesmo, aqui está a receita para preparar em casa. Tomates bem maduros, cebola, alhos, bacon para dar aquele gostinho bom, cogumelos e molho de tomate.



Coloque as almôndegas  em uma panela com um fio de óleo e as deixe corra dos dois lados, acrescente o bacon  e o deixa fritar. Retire o excesso  de gordura e acrescente o alho, a cebola, o tomate em cubos e os cogumelos fatiados.

Após refogar por alguns minutos, acrescente o molho de tomate e um pouco de água.
Tampe a panela e deixe cozinhar até o molho reduzir até ficar suculento.


E aí é só servir acompanhado com arroz, batata palha e salada verde, ou uma massa se preferir. E a sua família vai amar!



Muitas são as atitudes da Mulher Sábia, da Mulher que Edifica, mas aqui vão algumas das atitudes para te inspirar a se Tornar uma Mulher Sábia:

1. Pensa antes de Falar


2. Fala no momento certo






3. Pensa no Bem Coletivo, no Bem Comum


4.Coloca as coisas em perspectiva antes de tirar conclusões precipitadas


5. Não deixa que a negatividade das pessoas a abale


6. Não age impulsivamente.


7. Aceita as pessoas como elas são


9. Não olha só para a aparência, observa o conteúdo.


10. Não julga os outros, tenta colocar-se no lugar



Adriana de Paula

        

         Ainda me lembro do desastre que saiu ao tentar fazer um bolo de chocolate sem a receita. Meus filhos amam bolo de chocolate, e confesso, não sou muito boa com bolos de chocolates. Mas ao comer um bolo de chocolate delicioso na casa de uma amiga, perguntei 'por cima' a receita e me arrisquei a fazer o bolo. Sem a receita em mãos, e sem conhecimento 'prévio' de como fazer o bolo  o resultado foi desastroso e parou na lata de lixo. Até os meus filhos que são apaixonados por bolo de chocolate não o encarou. 
       No nosso dia a dia não é muito diferente. Quantos resultados desastrosos e quanta bagunça fazemos em nossa volta por falta de conhecimento. Infelizmente  marido e filhos não vem com manual. Precisamos aprender a lidar com eles. Precisamos conhecer sobre eles. Precisamos saber o que Deus diz a respeito deles. Por falta de conhecer os princípios de Deus para o casamento, para a família, por falta de conhecer o nosso papel à luz das Escrituras colocamos muita coisa a perder. No livro de Oséias, Deus disse: "o meu povo se perde por falta de conhecimento". Quantas de nós já estivemos ou estamos perdidas como cego no meio de um tiroteio por falta de conhecimento! Quantas famílias já se perderam e se destruíram por falta de entender  e conhecer alguns princípios de Deus para a família. 
      Quando Deus estabeleceu a família, ele mesmo desenhou a planta da nossa casa. Ainda me lembro quando Deus ministrou ao meu coração enquanto escrevia o livro Mulheres que Edificam: 'Adriana, para que as minhas filhas construam uma casa de sucesso, elas precisam erguer a casa segundo a planta que eu já desenhei em minha Palavra'. Naquele momento parecia que eu via Deus como um grande arquiteto, desenhando cada ambiente, parte por parte da nossa casa, peça por peça do nosso lar! 
      Deus mais do que ninguém pode nos fazer entender e nos dá sabedoria para lidar com as situações do nosso dia a dia, pois foi ele mesmo que planejou a nossa família. Deus mais do que ninguém pode nos fazer entender os nossos maridos e filhos, pois ele mesmo que os criou.
     Deus fez o projeto da nossa casa, mas quem executará o projeto somos nós! Cabe a nós conhecer o projeto de Deus e executá-lo! Cabe a nós construímos os nossos relacionamento com sabedoria, pois 'Sabedoria é a capacidade de aplicar o conhecimento de Deus com respeito à vida de maneira prática e eficaz em nosso lar!'.
   Quando colocamos em pratica o conhecimento das Escrituras tornamo-nos Mulheres Sábias! Quando colocamos em prática o conhecimento adquirido através das experiências, da herança familiar e conhecemos melhor a nossa família, tornamo-nos mulheres sábias!
       Além do conhecimento das Escrituras, do que Deus diz a respeito de como conduzir a família, também precisamos ter conhecimento prático de como cuidar da casa, cuidar do esposo, cuidar dos filhos e de nós mesmas, das roupas, da alimentação, pois como diz em Provérbios: 'pelo conhecimento se encherão as despensas de coisas preciosas e deleitáveis'.  Em nenhuma outra época tivemos tantos acessos a informações e dicas de como cuidar da casa, receitas e faça você mesma! Então minha amada, aproveite e busque conhecer mais e colocar em prática  sobre como deixar a sua casa agradável, cheirosa e aconchegante.
      E por último, você precisa de ter conhecimento a respeito de seu marido e filhos. Como disse no início, eles não vem com manual de instrução. É pela convivência e por desejar saber mais sobre eles que você irá conhecê-los mais profundamente.
        Até que ponto você conhece o seu marido? E os filhos, você os conhece de verdade? Não estou falando só do quanto você sabe o quanto o seu marido ama comer pizza de quatro queijos, e os filhos sorvete de chocolate. Mas estou falando de conhecer do que eles gostam e do que não gostam, dos seus sonhos e ideais, das amizades que possuem, enfim saber o máximo possível a respeito das pessoas que vivem ao seu lado, tentar compreendê-los e conhecê-los para aceitá-los do jeito que são, para que então a sua casa seja um lugar agradável e de prazeroso! (Pv 24.3,4)

Adriana de Paula

Grandes são os obstáculos que a mulher moderna enfrenta todos os dias, mas o maior de todos os desafios ainda é construir um lar abençoado e fazer da casa um refúgio para a família.
A casa que Deus quer que você construa vai muito além de paredes, portas e janelas. Este livro vai ajudá-la na edificação de um lar feliz e cheio de realizações.

Conheça alguns segredos e dicas que farão o seu casamento e a sua família prosperar em todas as áreas.

Compre já o Livro Mulheres que Edificam e comece hoje mesmo a Edificar um lar abençoado!

Conheça mais sobre o Livro Mulheres que Edificam e outros em nossa loja virtual.


Desde que a revista Veja publicou na semana passada uma matéria a respeito  de Marcela Temer com o título: Bela, Recatada e do Lar, muito burburinhos e polemicas surgiram nas redes sociais a respeito do perfil da mulher. De um lado feministas e ativistas contra atacando  a figura da mulher como recatada e do lar, em detrimento de 'ser o que quiser', 'livre' e 'solta'. Do outro lado, mulheres que entendem o seu maior chamado, e missão de cuidar da família. E no meio, mulheres confusas sem saber ao certo a sua posição.

Essa confusão não é de hoje. Desde que começou o movimento feminista nos Estados Unidos, em que as feministas saíram com faixas e cartazes gritando pelas ruas: "Mulheres, saíam de casa!", Trabalhem fora!", "Lugar de mulher é na Casa Branca", a confusão se instalou. Querem nos convencer a todo o custo que o lugar da mulher não é em casa! Que o nosso lugar é em qualquer lugar, menos dentro de casa! Mas porque não pode ser fora e dentro de casa ao mesmo tempo? Acho que a questão não é onde é o nosso lugar, e sim onde está o nosso coração! A Bíblia diz que onde está o seu tesouro ali estará o seu coração. E qual o seu maior tesouro? Qual o seu maior patrimônio? Se for o seu lar, acredito que o seu coração estará lá!

Já me senti bastante confusa quanto ao meu papel enquanto mulher. Hoje posso dizer que sou bem resolvida nesta questão. Sou do lar por uma questão de escolha. Escolhi não trabalhar fora. Em Eu Dona de Casa, falo sobre essa decisão e acredito ser a melhor decisão que já fiz. Ficar em casa o tempo todo e não trabalhar fora é uma questão de escolha. Não devemos sentir pressionada a ficar em casa porque lá é o nosso lugar, como dizem alguns. Isso soa um tanto machista. Devemos ficar em casa, seja o tempo todo ou parte dele, porque o nosso coração está lá! Porque entendemos o nosso chamado! Porque amamos cuidar daquilo que Deus nos deu. Amamos cuidar do marido, dos filhos, da casa, ainda que não seja em tempo integral. Ainda que você trabalhe fora, ou seja uma  empreendedora dentro de casa, ou viaje nos finais de semana como eu, atendendo ao chamado do Senhor, não deixe que nada e ninguém tire de você este privilégio de ser do lar.

Apesar de ser do LAR, não sou  exclusiva do lar. E a maioria das mulheres que conheço não o são. Tenho que me desdobrar muito para cuidar do lar e realizar tudo aquilo que Deus confiou a mim.  Mas a mulher de Provérbios 31 também não era exclusiva do lar! A mulher que Deus idealizou em sua Palavra era do lar, cuidava da casa, dos filhos e do marido ( Pv 31.15,21,27). Mas também era uma empreendedora, tecia e vendia aos mercadores (Pv 31.24), e ainda encontrava tempo para cuidar dos pobres e estrangeiros ( Pv 31.19)! Ela era tão atuante quanto a maioria de nós! Ela se desdobrava para dar conta do recado! E foi chamada de virtuosa, porque conseguia conciliar casa, marido, filhos, profissão ( só para lembrar, tapeceira) e outras atividades que o tempo lhe permitia.

Minha amada não se sinta confusa quanto ao seu papel e chamado! Ser do LAR não deve ser denotado como algo insignificante, desprezível e até mesmo humilhante. Ser do Lar é muito mais que estar lá o tempo todo. É ter o coração voltado para a família. É ter a família como prioridade. É às vezes ter dupla jornada para dar conta do recado. É ter o coração no lar! 

Adriana de Paula

Grandes são os obstáculos que a mulher moderna enfrenta todos os dias, mas o maior de todos os desafios ainda é construir um lar abençoado e fazer da casa um refúgio para a família.
A casa que Deus quer que você construa vai muito além de paredes, portas e janelas. Este livro vai ajudá-la na edificação de um lar feliz e cheio de realizações.

Conheça alguns segredos e dicas que farão o seu casamento e a sua família prosperar em todas as áreas.

Compre já o Livro Mulheres que Edificam e comece hoje mesmo a Edificar um lar abençoado!

Conheça mais sobre o Livro Mulheres que Edificam e outros em nossa loja virtual.


       Ufa! No nosso dia a dia são tantas coisas para pensar, resolver e encontrar uma solução, que tem horas que nos achamos perdidas, sem um caminho e direção a tomar.  Falaremos um pouco hoje sobre entendimento.  Este é o segundo post da Série Tornando-me uma Mulher Sábia! Sei que este é o desejo mais profundo do seu coração!  Acredito que durante esta série de estudos e reflexão em como se tornar uma mulher sábia, Deus falará profundamente ao seu coração e a capacitará de sabedoria, entendimento e conhecimento!

'Com a sabedoria de edifica a casa,
E com o entendimento ela se estabelece;
E pelo conhecimento se encherão as câmeras de todas as substâncias preciosas e deleitáveis'  (Pv 24.3,4).

Amo essa parte das escrituras! Ainda me lembro quando a li pela primeira . As palavras SABEDORIA, ENTENDIMENTO  E CONHECIMENTO, saltaram diante dos meus olhos! 

        Em Provérbios 14.1 diz que  toda a mulher sábia Edifica a sua casa. Mas aqui, Salomão vai mais além! Não basta construir, levantar. Precisa manter a casa de Pé! É como quando construímos uma casa do zero, ou ampliamos algumas peças. Depois de pronta, será necessário alguns cuidados e reparos para que ela permaneça linda, aconchegante e de pé! Lembro-me de quando compramos a nossa casa, depois de ampliarmos e levantarmos mais algumas peças, deixando-a do nosso jeito, percebemos a infestação de cupins no madeiramento da casa. Não tínhamos nenhuma experiencia em lidar com os cupins, mas tínhamos um certo  'entendimento' para saber que os cupins podiam levar o madeiramento da minha casa ao chão, e isto nos deixou um tanto preocupados. O entendimento que tínhamos  a respeito dos cupins, ainda que pequeno,  levou o meu esposo a contratar um serviço para dedetizar o madeiramento.
       A palavra entendimento na língua portuguesa significa: 1 Ato de entender. 2 faculdade de conceber e entender as coisas, intelecto, inteligência. 4 Compreensão, percepção, entre outras. 
      Deus deseja que sejamos mais do que sábias, Ele deseja que sejamos inteligentes, que sejamos mulheres entendidas, que sejamos compreensivas com o marido, com os filhos, com os da família e com os de fora, e que tenhamos percepção das coisas a nossa volta!
O fato de  ser inteligente, de ser instruída, cursar uma faculdade, possuir mestrado ou vários títulos não é garantia de sabedoria, entendimento e conhecimento. A verdadeira sabedoria, entendimento e conhecimento não deve ser confundido com o conhecimento adquirido em carteiras escolares. Algumas pessoas que se julgam inteligentes, fazem as escolhas mais insensatas por falta de entendimento. Ser sábia e inteligente é ser capaz de fazer boas escolhas e tomar decisões sensatas. 
A falta de entendimento, nos faz ter atitudes desastrosas. Em provérbios 28.16 diz que "um governante que carece de entendimento é um opressor e cruel" (Pv 28.16). Oh, quantas vezes fui cruel  com os meus filhos por falta de compreensão e julgamentos precipitados. Quantas vezes os disciplinei sem entender o motivos das suas ações. Quantas vezes passei por situações que poderia ter evitado se eu tivesse uma melhor percepção do que estava acontecendo a minha volta! Hoje olho para trás e vejo o quanto a falta de entendimento é desastroso na construção da  nossa casa. Mas nem tudo está perdido!
Não precisamos ser super dotadas ou geniais para fazer com que a nossa casa permaneça em pé, mas precisamos agir com  sabedoria, entendimento, conhecimento, que são dados por Deus a todos que o buscam, "Se  clamares por conhecimento, e por inteligência alçares a tua voz, se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a esquadrinhares, então entenderás o temor do Senhor e acharás o conhecimento de Deus. Porque o Senhor é o que dá a sabedoria; da sua boca é que sai o conhecimento e entendimento." (Pv 2.4-6). Busque de Deus ainda hoje o entendimento, Busque como se busca algo muito precioso. Busque como se busca um tesouro, então se tornará  uma mulher sábia! E tenho a certeza que Ele a ouvirá e te fará uma mulher sábia e cheia de entendimento!

Não deixe de ler os próximos post da Série 'Tornando-me uma Mulher Sábia', tenho certeza que Deus a fará uma mulher mais sábia ainda, e o nome de Jesus será glorificado através da sua vida!


Grandes são os obstáculos que a mulher moderna enfrenta todos os dias, mas o maior de todos os desafios ainda é construir um lar abençoado e fazer da casa um refúgio para a família.
A casa que Deus quer que você construa vai muito além de paredes, portas e janelas. Este livro vai ajudá-la na edificação de um lar feliz e cheio de realizações.

Conheça alguns segredos e dicas que farão o seu casamento e a sua família prosperar em todas as áreas.

Compre já o Livro Mulheres que Edificam e comece hoje mesmo a Edificar um lar abençoado!

Conheça mais sobre o Livro Mulheres que Edificam e outros em nossa loja virtual.



Olá Mulher que Edifica! Hoje vou começar uma série de post aqui no blog e no programa Valorizando a Família, que vai no ar todas as tardes de terças feiras, das 16:00 às 17:00 horas pela rádio Nazareno FM, com o tema: Tornando-me uma Mulher Sábia. 

Tecnologia do Blogger.