Fé - Antidoto Contra a Asiedade

16:50:00 Adriana de Paula 4 Comments

      Na nossa caminhada com Cristo, alguns velhos companheiros insiste em nos acompanhar. Eles persistem em querer prosseguir a viajem conosco.Não o convidamos para fazer parte da nossa nova jornada, mas quando menos esperamos, lá está ela. Esta companheira que insistimos em mandar embora é a ansiedade, mas ela vem chegando de mansinho, e mesmo contra a nossa vontade que é mantê-la longe, ela se manifesta. 
     Já faz alguns dias que a ansiedade tem tentado caminhar comigo. Sei que muitas mulheres como eu, luta para que a ansiedade não nos domine, pois ela paraliza a nossa fé. Mas como não ficar ansiosa e preocupada diante de tantos problemas que nos cercam? Diante de tantas exigências e responsabilidades? Diante das incertezas?
   
   No meu caminhar com Cristo, tenho aprendido que a confiança nas promessas de Deus e a gratidão por tudo o que Ele é, por tudo o que Ele fez e fará é o melhor antídoto para combater a ansiedade. 


  Como diz uma nota na bíblia da mulher: "A preocupação é o oposto da fé, e o ato de preocupar-se sugere que Deus não é digno de confiança para cuidar de nossa vida e suprir todas as nossas necessidades. Ela provoca o medo, que exclui a fé da nossa vida."


     Não deixe que a ansiedade e as preocupações abalem a sua fé. Mais do que nunca, creia com fé nas promessas de Deus e no seu cuidado. 


    Quero compartilhar com você um texto  que encontrei na internet,sobre confiar nas promessas de Deus.Minha querida use a sua fé, ela é o antidoto conta a ansiedade que insiste em não te deixar. No próximo post, falarei sobre a gratidão, uma outra arma que podemos usar contra a ansiedade.  
 

* Quando estou ansioso sobre alguma nova aventura arriscada ou reunião, eu combato a descrença com a promessa: "Não temas, porque eu sou convosco, não vos assusteis porque eu sou teu Deus, eu vou ajudar você, eu te fortaleço, e eu te protejo com a minha mão direita vitoriosa "(Isaías 41:10).


* Quando estou ansioso sobre meu ministério ser inútil e vazio, eu luto contra a incredulidade com a promessa: "Assim será a minha palavra que sai da minha boca, não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz, e prosperar naquilo para que a designei "(Isaías 55:11).


* Quando estou ansioso sobre ser muito fraco para fazer o meu trabalho, eu combato a descrença com a promessa de Cristo: "Minha graça é suficiente para você, meu poder se aperfeiçoa na fraqueza" (2 Coríntios 12:9).

* Quando estou ansioso sobre decisões que tenho a fazer sobre o futuro, eu combato a descrença com a promessa: "Vou instruir e ensinar a você o caminho que deves seguir; vou aconselhá-lo com os meus olhos" (Salmo 32: 8).


* Quando estou ansioso sobre encarar oponentes, eu combato a descrença com a promessa: "Se Deus é por nós quem será contra nós!" (Romanos 8:31).


* Quando estou ansioso sobre estar doente, eu combato a descrença com a promessa de que "E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança;e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança.Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado." (Romanos 5:3-5).


* Quando estou ansioso sobre ficar velho, eu combato a descrença com a promessa: "E até à velhice eu serei o mesmo, e ainda até às cãs eu vos carregarei; eu vos fiz, e eu vos levarei, e eu vos trarei, e vos livrarei."(Isaías 46:4).

* Quando estou ansioso sobre morrer, eu combato a descrença com a promessa de que "nenhum de nós vive para si mesmo e nenhum de nós morre para si mesmo, se vivemos, vivemos para o Senhor e se morremos, morremos para o Senhor.Então, se vivemos ou morremos somos do Senhor.Por esta razão Cristo morreu e ressurgiu: para que pudesse ser Senhor tanto dos mortos como de vivos "(Rm 14:9-11).

 * Quando estou ansioso para que eu possa fazer naufrágio da fé e se desviar de Deus, eu combato a descrença com a promessa: "Aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até o dia de Cristo" (Fl 1.16) "Fiel é o que vos chama, o qual também o fará."(1 Tes 5:23). 

"Por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles." (Hebreus 7:25).




Adriana de Paula 

4 comentários:

O Dom da Influência

14:39:00 Adriana de Paula 0 Comments


      O Dom da Influência

     Como mulheres, temos sido posto por Deus para ser ajudantes, o que significa que nós também fomos equipado com o poder de influência - para sugerir, orientar, incentivar e oferecer a sabedoria que você adquiriu pelo caminho. Influenciar pode ser uma das principais maneiras de se praticar a ajuda, por meio de nossas palavras e atitudes.

    Considere Dalila a partir do livro de Juízes. Esta mulher era empregada por seus compatriotas para enganar o juiz israelita Sansão. Ela usou todos os seus artifícios femininos para convencer Sansão a revelar o segredo de sua  tão grande força, para que os filisteus pudessem entrar e dominá-lo. Em três ocasiões diferentes, ela disse: "Declara-me, peço-te, em que consiste a tua grande força, e com que poderias ser amarrado para te poderem afligir." (16:6). Como Sansão era apaixonado por ela, ele acreditava que ela estava jogando algum tipo de jogo de amantes, e ele brincava com ela dando respostas erradas.Finalmente, quando as palavras de Dalila e o seu charme  não tiraram de Sansão o seu segredo, ela  o incomodou de  verdade, perturbando-o verbalmente, até que ele cedeu, revelando o seu segredo. Os resultados foram desastrosos. Dalila simboliza o uso indevido do dom feminino de influência.de uma mulher.

    Uma mulher que usou o dom para o bem dos outros foi Ester. Na verdade, ela arriscou sua vida . Ela elaborou um plano para ganhar o favor do rei para que ele pudesse confiar nela quando expostos a ele um plano para matar ela e seu povo. Esther salvou a vida de muitas pessoas, e ela fez isso por meio de sua habilidade concedida por Deus para influenciar.

    Deus não nos deu esse dom para que pudessemos satisfazer nossos desejos egoístas.Será que vamos usar o dom de influência para ganho egoísta como Dalila fez? Ou será que vamos usá-lo para o bem dos outros, como Ester? Vamos enfrentar essa escolha cada hora de cada dia.

Lydia Brownback

0 comentários:

A ESCOLHA DE DEUS

11:10:00 Adriana de Paula 1 Comments

"Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes" I Cor 1.27
   
     Ontem, 2º domingo de Dezembro, nós cristãos comemoramos o dia da Bíblia. Em algumas igrejas fazem uma programação toda especial em homenagem ao livro que é a boca de Deus falando ao homem,e que apesar de todos os esforços contrários para destruí-la, ela sobreviveu e está mais viva do que nunca,"Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração" Hebreus 4:12.

     Não sei se você já leu a Bíblia toda, mas creio que todo o bom cristão já tentou...Geralmente embaraçamos naquelas intermináveis genealogia, onde os escritores listam a linhagem de 'fulano gerou fulano'.

     Me recordo de quantas vezes fiquei impaciente ao ler uma genealogia, e frustrada, ao perceber que naquelas extensas listas escritas pelos escritores do Antigo Testamento só haviam nomes masculinos, pois as mulheres não eram incluidas quando listavam uma determinada linhagem. Mas quando nós viramos a página do Antigo Testamento para o Novo Testamento, vemos Deus honrando as mulheres de uma forma totalmente nova. Mesmo na linhagem de Jesus registrada em Mateus no capítulo um, podemos ver quatro mulheres, além de Maria na lista! 

    Quem seriam estas quatros mulheres? Se fosse você e eu, quem escolheríamos para reconhecer as mulheres nas Sagradas Escrituras  e fazer parte da linhagem de Jesus, o filho de Deus? Eu talvez escolheria a esposa de Noé, que tinha que ser muito submissa  e paciente para aceitar a idéia de seu esposo, e passar todos aqueles dias com aqueles animais.

    Ou quem sabe eu escolheria a Joquebede, mãe de Moisés, uma mulher que com sabedoria salvou seu filho de ser dizimado com os demais meninos, que eram mortos ao nascer, por ordem do rei Faraó.

    Ou talvez eu escolheria Sara. Afinal, ela deu à luz a uma criança quando ela tinha noventa anos!  

    Mas não Essas não são as mulheres que Deus escolheu para ser listada na linhagem de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Ele escolheu Raabe - uma mulher que havia sido prostituta antes de ela se juntar ao filhos de Deus. 

    Ele escolheu Tamar. - Que teve uma relação incestuosa com o seu sogro.

    Ele escolheu Bate-Seba - que teve um caso com o rei Davi e teve um filho. 

    E Ele escolheu Rute - uma mulher de uma nação amaldiçoada.

    Muitas vezes não entendemos a escolha de Deus,
pois Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes" (I Cor 1.27).

    Estou tão feliz que essas são as mulheres que Deus escolheu. Através dessas mulheres, vemos que não há lugar tão longe de Deus que Ele não pode nos salvar, nos redimir, e finalmente nos usar para Sua glória . Seu braço não é demasiadamente curto para nos salvar do abismo mais profundo. Isso era verdade para aquelas quatro mulheres, e é verdade para você e para mim. 

    Estou tão agradecida, porque o Senhor escolhe as coisas fracas deste mundo para envergonhar os sábios e fortes. Eu sou uma dessas "coisas fracas" e  de vez em quando fico a me perguntar: o que Jesus viu em mim para me chamar?as vezes me espanto com o que o Senhor faz por mim e em mim e através de mim, mas então me lembro que a escolha de Deus é loucura para o homem, pois Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes" I Cor 1.27

Adriana de Paula 

1 comentários:

Quem Está com Você?

10:29:00 Adriana de Paula 0 Comments

"Não há nenhum homem deve ser capaz de ficar diante de ti todos os dias da a tua vida: como fui com Moisés, assim serei contigo:  não te deixarei nem te desampararei."
 
Deus fez uma promessa muito semelhante a Moisés no livro de Êxodo, quando Moisés alegou que  não estava qualificado para ir a Faraó e exigir a libertação de Israel. Ele sentiu-se pessoalmente inadequado e incapaz  para realizar tão grande tarefa. 
  Em suas escusas ele disse a Deus: "Quem sou eu, para que vá a Faraó e tire do Egito os filhos de Israel?".Mas Deus respondeu: "Certamente eu serei contigo" (Êxodo 3:12). Em outras palavras, "Não importa quem você é, Moisés, o que importa quem Eu sou, porque Eu sou contigo! 

  O Senhor assegurou a Josué: "Assim como fui com Moiséis, assim eu serei contigo". Que promessa maravilhosa para aquele que estava se sentindo incapaz e inseguro!

   Aqui está a formula do sucesso de Deus. Não é baseado em nossas habilidades, ele é baseado nas Suas capacidades. Podemos ser inadequado em uma dúzia de maneiras diferentes, mas Aquele que está conosco é mais do que suficiente. Ele é " poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós" ( Ef. 3.20)
 

Adriana de Paula

0 comentários:

UMA MULHER PRESIDENTE.....

14:23:00 Adriana de Paula 0 Comments


 Estamos diante de um marco histórico. A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, foi eleita neste domingo e será a primeira mulher Presidente da República.


   Com certeza é um grande avanço para todas as mulheres, quando num passado próximo não podíamos nem sequer votar, e hoje uma mulher ocupará o cargo mais alto da República.


  Com certeza essa conquista é fruto do movimento que marcou várias transformações na década de 60 - O movimento Feminista, que influenciou o mundo todo.


  Só para lembrar um pouco deste movimento, que trouxe várias conquistas, tanto boas como desastrosas, quero compartilhar alguns trechos do artigo - Movimento Feminista, por Rainer Sousa, Mestre em História, que encontrei no saite www.mundoeducacao.com.br.  
   
   "Contudo, observamos também a deflagração de uma revisão de valores responsável pela transformação dos papéis ocupados por homens e mulheres na sociedade. Durante a Segunda Guerra, a maciça inserção das mulheres no mercado de trabalho estabeleceu um novo campo de possibilidades para aquela que antes era vista como a “rainha do lar”. A partir desse processo de relativa emancipação, muitas delas reivindicaram novos campos de conquista nunca antes imaginados.  
  Quando alcançamos a década de 1960, o advento da pílula anticoncepcional permitiu uma libertação dos comportamentos sexuais antes restritos à monogamia e às relações matrimôniais...  A partir de então, muitas mulheres saíram às ruas com o intuito de reivindicar os mesmos diretos assegurados pela constituição liberal de seus países. Entre outras questões, lutavam para que as faixas salariais de homens e mulheres fossem devidamente equiparadas...A partir da década de 1980, o feminismo pareceu perder a sua força. A causa deixou de ser uma meta a ser alcançada depois que os próprios representantes do Estado reconheceram a legitimidade de tais reivindicações. Contudo, essa faceta da história contemporânea ainda se desdobrou em uma mudança de comportamento que rompeu com os paradigmas tradicionais da família e, até mesmo, do homem. A vitória feminista ainda ecoa em transformações ainda visíveis no nosso cotidiano."


   Era suposto que a revolução feminina iria trazer-nos maior realização e liberdade, mas em vez disto roubaram a nossa composição distinta, a nossa feminilidade, o nosso jeito pessoal e distinto de ser. Ela tem afetado as nossas famílias, nossas igrejas e nossas comunidades. 


   Há quanta confusão a respeito da emancipação feminina e da feminilidade. Deus porém não quer que estejamos confusas a respeito daquilo que ele projetou para nós. pois como diz o estudo sobre a feminilidade  na bíblia da mulher: A feminilidade é uma realidade projetada e criada por Deus.


  E mais do que nunca,precisamos resgatar a feminilidade, na nossa familia, nas nossas igrejas e na sociedade. Como disse Carolyn Mahaney: "...Quando Deus criou a primeira mulher e cada mulher depois dessa, Ele criou uma criatura feminina completamente distinta. Você e eu não nos tornamos do sexo feminino porque nossas mães nos deram bonecas e puseram um vestido rosa em nós! Nós nascemos do sexo feminino, nós fomos criadas do sexo feminino. Nós somos do sexo feminino por natureza com certas qualidades divinamente planejadas que nos tornam únicas. Nós podemos aumentar nossa feminilidade ou diminuí-la mas nós não podemos mudá-la. Nossos cromossomos de sexo estão em cada célula de nossos corpos. Nossa feminilidade é uma realidade da criação...".
  
 Não é errado conquistarmos o 'nosso espaço', termos uma profissão e seguir uma carreira,mas não podemos esquecer quem somos, e o porquê fomos criadas. A mulher, com a ajuda de Deus, poderá galgar qualquer posição, qualquer cargo político, sem perder a sua feminilidade. Infelizmente o que vemos por aí, são mulheres que na busca de poder, se esquecem quem elas realmente são, e deixam de lado a sua essência que é simplesmente: Ser Mulher. 

0 comentários:

Preparando-se para a TPM - Parte 17 - Desafio Real, Graça Real (final)

11:33:00 Adriana de Paula 1 Comments


Uma vez uma avó me falou sobre como ela sofreu de depressão pós-parto depois do nascimento do seu primeiro bebê. Ela não sabia o que estava acontecendo consigo mesma. Ninguém tinha lhe dito que esperasse por aquilo. Ninguém a assegurou que era normal. Ninguém ofereceu conforto ou conselho. Simplesmente não falavam sobre estas coisas naquela época.
Mas desafios hormonais são reais. TPM, menopausa, depressão pós-parto, moderada ou severa, são desafios genuínos e naturais. Não ajuda em nada sermos pseudo-espirituais pensando que nós, como cristãs, somos imunes a tais tentações. Será melhor humildemente reconhecermos a fragilidade da nossa condição humana. Será melhor nos lembrarmos, como Deus lembra, que "nós somos pó" (Sl. 103:14).
Mas Deus "conhece a nossa estrutura". Ele contou cada cabelo da nossa cabeça e sabe o nível exato de cada hormônio do nosso corpo. Ele nos fez deste modo. E não como algum tipo de piada cruel, mas, pelo contrário, para que através da nossa fraqueza, o Seu poder seja aperfeiçoado.
Sim, os hormônios podem estar se enfurecendo, nossos sentimentos podem vacilar e nosso corpo pode estar esgotado. Mas graça de Deus, que nos é dada por causa do que Jesus realizou na cruz, é real. Não é um mito ou um placebo. A Sua graça é real. E é mais poderosa do que qualquer hormônio mal-humorado no nosso corpo. Como Deus disse a Paulo em 2 Coríntios 12, "A minha graça te basta".
Hormônios imprevisíveis podem ser o famoso espinho na nossa carne. Nós podemos pedir, como Paulo fez na sua fraqueza, que Deus o tire de nós. (Eu admiro o autocontrole de Paulo em só pedir três vezes!) Mas, muitas vezes, Deus tem outros planos. Ele quer nos colocar numa posição em que o poder de Cristo esteja sobre nós.
Portanto, alegremo-nos na fraqueza. Não que nós não façamos o que está ao nosso alcance para aliviar os sintomas. Devemos nos beneficiar da graça comum de cochilos e vitaminas e pratos de papel e um ombro para chorar e até mesmo uma visita ao médico, se necessário. Mas nossa esperança não está no essencialmente nestas coisas. Nossa salvação vem de Deus. Nossa esperança está no poder Dele que é suficiente para nos ajudar a passar por tudo.
Então vamos nos gloriar. Vamos falar a outras mulheres da graça de Deus que é suficiente. Suficiente nos capacitar a lidar com nossos sentimentos. Suficiente para nos ajudar a nos alegrarmos. Suficiente para nos fazer crescer. Suficiente para nos fortalecer para fazer o que deve ser feito, a semear com lágrimas e colher com alegria.
Hoje, as mulheres estão muito mais esclarecidas do que aquela avó, sobre a realidade dos desafios hormonais. Mas nós como mulheres cristãs, deveríamos testemunhar de forma mais contundente, da graça de Deus que é real, do poder de Cristo que é suficiente.
Nicole Whitacre

(1) Este é o último de uma série de 17 posts publicada no blog Girl Talk entre os dias 12/02/08 a 06/03/08
Fonte: Extraído do site GirlTalkparte17


Tradução: Priscila Bernardi Heyse e Ester Bernardi Marafigo




    1 comentários:

    Preparando-se para a TPM - Parte 16 - Sábios conselhos médicos

    11:31:00 Adriana de Paula 0 Comments


    TPM16_big.jpg (11K) - bolso com caneta, óculos e estetoscópio
    Juntamente com outras "válvulas de escape" práticas, cuidar dos nossos corpos em meio a TPM, menopausa, depressão pós-parto, etc. é sábio e benéfico. Como nós não temos nenhum médico especialista no assunto, nós consultamos dois médicos cristãos, Dr. Jeffrey Trimark, e Dr. Christopher Mays, e pedimos os seus conselhos.
    Primeiro o Dr. Trimark explica que:
    "Tanto o tratamento para TPM quanto para PMDD(uma forma grave de TPM), começam com intervenções não prescritivas (sem receita médica). Eu recomendo às mulheres tomarem diariamente vitamina D 1000IU, vitamina B6 100mg, e cálcio 1000mg. Além disso, eu recomendo evitar cafeína e álcool, e praticar algum exercício aeróbico regularmente (150 minutos por semana). Como sempre, recomenda-se uma dieta balanceada, mas não há evidências de que sugerir determinados alimentos irá melhorar ou piorar os sintomas. Como os sintomas de TPM e PMDD são cíclicos eu também encorajo as mulheres a, intencionalmente, gastarem mais tempo em oração e meditação nesses períodos desafiadores."
    O Dr. Mays acrescenta para aquelas passando pela menopausa:
    "Embora TPM e menopausa sejam condições primariamente hormonais, obviamente não são a mesma coisa, e a maior parte do tratamento também não é o mesmo. As intervenções não prescritivas para TPM (vitamina D, cálcio e vitamina B) são importantes na menopausa, mas elas não tratarão os sintomas da menopausa. Tratamentos não prescritivos incluem vitamina E, "black cohosh" (2), e estrógenos naturais chamados de fitoestrógenos. Também existem várias outras opções de tratamentos."
    Ambos os médicos concordam que, nas palavras do Dr. Mays:
    "A mensagem principal quando se fala em tratamento para TPM ou menopausa é que cada paciente responde de maneira diferente, e muitas vezes o médico terá que tentar várias opções de tratamento antes de alcançar uma combinação que tenha sucesso."
    Como médicos cristãos, eles acreditam que, nas palavras do Dr. Trimark “um tratamento prescritivo pode auxiliá-la a honrar a Deus neste período portanto, se os seus sintomas são muito fortes, você deveria consultar o seu médico particular”.
    Entretanto, ambos os médicos advertem suas pacientes a:"não desculpar comportamentos pecaminosos que ocorrem nesses períodos de maior tentação pensando que eles são simplesmente o resultado de uma doença". É por isso que gastamos a maior parte desta série examinando "válvulas de escape" para que possamos ficar de pé durante o aumento das tentações na TPM, depressão pós-parto ou menopausa.
    Médicos sábios são um presente de Deus. Somos muito gratas pela benção da sabedoria médica , e ao Dr. Trimark e Dr. Mays, por tão prontamente servirem a audiência do girltalk. Amanhã olharemos além dos conselhos úteis que vimos aqui para as promessas da palavra de Deus, que é suficiente para nos sustentar, independente da severidade da nossa provação.
    Carolyn Mahaney

    (1) Este é o décimo sexto de uma série de 17 posts publicada no blog Girl Talk entre os dias 12/02/08 a 06/03/08

    (2) Uma erva medicinal norte-americana.
    Fonte: Extraído do site GirlTalkparte16

    Tradução: Priscila Bernardi Heyse e Ester Bernardi Marafigo

      0 comentários:

      Preparando-se para a TPM - Parte 15 - Falando com suas lágrimas

      11:29:00 Adriana de Paula 0 Comments


      TPM15_big.jpg (11K) - feixe de trigo
      Depois de ler a entrada de sexta-feira, a Andrea, leitora do girltalk encorajou-nos a verificar um texto do livro do John Piper, Uma Vida de Voltada para Deus, intitulado "Conversando com suas lágrimas". Nós estamos citando apenas um pequeno trecho aqui, mas você realmente vai querer ler o resto; então, compre o livro!
      "Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão. Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes." Salmo 126:5-6
      "Este salmo ensina a dura verdade de que há trabalho para ser feito independente se eu estou emocionalmente disposto a fazê-lo ou não, e é bom que eu o faça. Suponha que você esteja numa época de preocupação e desânimo e está na época de semear. Você diz, 'eu não posso semear o campo esta primavera, porque estou preocupado e desanimado? ' Se você fizer isto não comerá no inverno. Suponha que ao invés disso você diga, 'eu estou deprimido e desanimado. Eu choro se o leite derrama no café da manhã. Eu choro se o telefone e a campainha tocam ao mesmo tempo. Eu choro sem nenhuma razão, mas o campo precisa ser semeado. A vida é assim. Eu não estou com vontade, mas pegarei meu saco de sementes e sairei pelos campos e chorarei enquanto eu fizer meu dever. Eu semearei com lágrimas.' Se você fizer isto, a promessa deste salmo é que você vai ‘ceifar com júbilo.' Você ‘voltará com júbilo, trazendo os seus feixes ', não porque as lágrimas de semear produzam a alegria de colher, mas porque a semeadura em si produz a ceifa. Precisamos nos lembrar disto até mesmo quando nossas lágrimas nos tentam a deixar de semear."(2)
      Então, que campos da sua vida precisam ser semeados hoje? Mesmo que você chore enquanto faz seu dever, você irá, um dia, colher com alegria.
      Carolyn Mahaney

      (1) Este é o décimo quinto de uma série de 17 posts publicada no blog Girl Talk entre os dias 12/02/08 a 06/03/08

      (2) A Godward Life, John Piper, Multnomah Books pp. 89-90
      Fonte: Extraído do site GirlTalkparte15

      Tradução: Priscila Bernardi Heyse e Ester Bernardi Marafigo

        0 comentários:

        Preparando-se para a TPM - Parte 14 - Qual é a próxima coisa?

        09:05:00 Adriana de Paula 0 Comments


        TPM14_big.jpg (9K) - mulher pensando
        Nós nos preparamos para períodos hormonais, cortamos atividades desnecessárias, e inventamos estratégias simples. Agora, tudo o que resta é fazer nossa obrigação: sair do sofá, trocar a fralda, ir para o trabalho, arrumar a cama - seja qual for a tarefa que estiver bem à nossa frente.
        Pode ser a última coisa no mundo que eu esteja com vontade de fazer, mas Deus vai me dar a força necessária; e, à medida que eu obedecer, Ele também me dará a graça para suportar aquela obrigação. É uma simples “válvula de escape” que esse poema descreve:
        “São tantas perguntas e tanto temor,
        Tantas as dúvidas e tanta é a dor,
        Toda a sua vida confie a Jesus,
        A Ele se entregue por onde a conduz,
        Tudo deixando em Sua mão e em Sua graça,
        E O QUE TEM A FAZER, COM ALEGRIA O FAÇA!
        Faça-o logo, se entregue à oração,
        A Ele dispondo o seu coração,
        Que as situações postas dia a dia à sua frente
        Postas lhe foram pelo Onipotente,
        E, ciente que o mundo de agora um dia passa,
        O QUE TEM A FAZER, COM ALEGRIA O FAÇA!”
        Passo a passo, próxima coisa a próxima coisa, Deus será fiel para nos ajudar a glorificá-Lo durante esses períodos desafiadores.

        Nicole Whitacre

        (1) Este é o décimo quarto de uma série de 17 posts publicada no blog Girl Talk entre os dias 12/02/08 a 06/03/08
        Fonte: Extraído do site GirlTalkparte14


        Tradução: Priscila Bernardi Heyse e Ester Bernardi Marafigo
        Tradução do poema: Newton Bernardi
        www.bomcaminho.com

        0 comentários:

        Preparando-se para a TPM - Parte 13 - Um Novo Normal

        09:03:00 Adriana de Paula 0 Comments

        TPM13_big.jpg (11K) - mulher com cabelos ao vento
        “Eu fui inesperadamente catapultada menopausa adentro por causa da quimio que fiz no ano passado” escreveu uma amiga que está se recuperando de um câncer. “É um efeito colateral comum para mulheres na minha idade. No meu esforço para ‘voltar ao normal’ tenho tentado dar tudo de mim em tudo. Por que será que fico chorando? De qualquer forma acho que as mudanças hormonais têm muito a ver com isso. Estou me esforçando para simplificar e encontrar um ‘novo normal’ nesta fase. Obrigada a todas por tudo. Vocês têm realmente me encorajado.”
        Minha amiga está certa. Muitas vezes temos que encontrar um ‘novo normal’ nestas fases de nossas vidas. Temos que adaptar nosso estilo de vida para manter as coisas mais importantes, mais importantes. Nós pensamos e temos algumas estratégias para simplificar. Elas podem ser úteis para a semana de TPM, os meses de depressão pós parto, os anos de menopausa ou qualquer outra fase difícil ou atribulada.
        Para alimentar sua alma:
        *Faça o que for necessário para passar tempo com a Palavra de Deus todos os dias. Se você não pode fazê-lo pela manhã (a hora ideal), arrume um tempo à tarde ou à noite. E se ainda não conseguir, certifique-se de ter um bom plano de leitura da Bíblia para alimentar sua alma. Recomendamos For the Love of God de D.A. Carson’s, Morning and Evening de Charles Spurgeon (2) e Commentaries on the Psalms de Spurgeon.
        *Crie uma lista de versículos e textos evangélicos que podem alimentar sua alma. Você pode escrevê-los em cartões ou até fazer um livreto. Muitas vezes, nestas horas difíceis, nós simplesmente precisamos de pequenas verdades da Palavra de Deus para nos sustentar.
        *Tenha músicas de louvor ou hinos, leitura da Bíblia ou até bons sermões pela casa e no carro. Ligue um repertório da verdade para pôr no lugar das mentiras da sua consciência e do inimigo.
        Para servir sua família/amigos:
        *Concentre-se na comida e na roupa (e não muito mais que isso!). Mantenha o básico. Nada de comidas complicadas ou receitas novas! Congele comidas com antecedência. Compre comida pronta. Simplifique nas roupas também, pegue as crianças para ajudar a separar, dobrar e guardar.
        * Minha mãe sempre disse: “Se você arrumar sua cama e lavar a louça que está na pia a casa vai parecer muito mais limpa!” Não se preocupe com os brinquedos no chão ou os rodapés que precisam ser limpos. Coloque objetivos simples e atingíveis como arrumar a cama todos os dias.
        * Tome um banho. Você vai se sentir muito melhor.
        * Tire um cochilo e vá pra cama cedo.
        Nós dissemos que eram idéias simples. Apesar de parecerem óbvias, muitas vezes nós as ignoramos e pensamos em estratégias mais complicadas que vão encher nossas vidas o máximo possível. Ao invés disso, durante estas fases, devíamos tentar fazer tempo extra para encontrar com Deus e servir nossas famílias. E se tivermos mais paz nesse processo então seremos uma benção para todos à nossa volta.

        (1) Este é o décimo terceiro de uma série de 17 posts publicada no blog Girl Talk entre os dias 12/02/08 a 06/03/08


        (2) Há um livro de devocionais do Spurgeon em português, mas não sabemos se é este mesmo: Meditações Matinais, CHARLES H. SPURGEON. United Press 
        Carolyn Mahaney

        Fonte: Extraído do site GirlTalkparte13


        Tradução: Priscila Bernardi Heyse e Ester Bernardi Marafigo


        www.bomcaminho.com

        0 comentários:

        GUIA-ME MANSAMENTE AS ÁGUAS TRANQUILAS....

        17:42:00 Adriana de Paula 0 Comments




        No final de semana recebi um telefonema de uma amiga pedindo oração por sua mãe que está hospitalizada. Logo percebi a angustia da sua alma em sua voz trêmula e emocionada.Enquanto ela fala, eu orava  para que Deus me desse uma palavra de consolo...Foi quando veio a minha mente o salmo 23.Um salmo bem conhecido... 


        As crianças o recitam de cor.... O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará...


        Os cansados e afadigados anseiam...Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome... 


        os que enfrentam o perigo, a dor, a morte, dizem...Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam...


        os caluniados,injustiçados, maltratados e perseguidos oram...Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda...


        o desejo de todos aqueles que anseiam por Deus... Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias.


        Que salmo maravilhoso. Escrito por um rei que tinha o espírito de servo!
        Que apesar de toda a sua glória ele bradou: O Senhor é o meu pastor... Davi poderia ter escolhido outra metáfora, mas ele escolheu a do pastor.Ele mesmo já havia sido um,e sabia do cuidado e do zelo que o pastor tem com as suas ovelhas. É por isso que ele disse em um outro salmo " eu sou pobre e necessitado mas o Senhor cuida de mim"
        O Bom pastor cuida de você!
        Ele  te faz descansar, quando você está cansada de lutar e já não tem mais forças para prosseguir...
        Ele refrigera a tua alma das angustias,das incertezas e das aflições...
        Ele te guia e te consola quando você ou alguém que você ama enfrenta a doença, e passa pelo vale da sombra da morte...
        Ele te honra na presença de todos aqueles que querem ver o seu fim...
        Pois a bondade e a misericórdia  de Deus será a tua escolta todos os dias da tua vida...
        Por milhares de anos, este salmo tem sido como uma âncora em meio a um mar bravio...Uma fonte de água em uma terra seca... 
        E mais uma vez, quando eu o recitava a minha amiga aflita e angustiada, ele caiu como bálsamo em seu coração ferido,cicatrizando as feridas, refrigerando a alma e trazendo esperança em um momento de sofrimento.


        A Ele seja a honra e a Glória para sempre!


        Adriana de Paula

        0 comentários:

        MULHER SAMARITANA

        08:24:00 Adriana de Paula 1 Comments

        Então Jesus disse: —Se você soubesse o que Deus pode dar e quem é que está lhe pedindo água, você pediria, e ele lhe daria a água da vida.Jo 4.10 (linguagem de hoje)
         
        O que acontece quando alguém lhe diz: "Se você soubesse?" Eu não sei você, mas isso me faz querer saber. Jesus falou essas mesmas palavras para chamar a atenção da mulher com o balde vazio que ele conheceu em um poço em Samaria. 
        Enquanto ela se esforçava puxando água do poço, Jesus continuou puxando-a mais perto da água viva. A água do poço de Jacó iria aliviar a sede física temporária. A água  da fonte de Jesus saciaria a sede espiritual eterna. A água viva de Jesus iria preencher essa mulher vazia com alegria transbordante.
        Então ela perguntou-lhe: "Dá-me dessa água!"
        Espere um pouco. Ela disse: "Dá-me dessa água?" Não era isso que Jesus tinha pedido a ela alguns instantes atrás? Como Jesus sempre faz, Ele nos pede para dar-lhe alguma coisa única, para  nos oferecer algo melhor em troca. Essa é a própria definição de redenção.
        Jesus levantou a cortina sobre a história de sua vida e os seus atos foram expostos diante dela. Contou: 1-2-3-4-5. Cinco maridos e mais um extra. Nós não sabemos por que ela havia se divorciado cinco vezes. Naqueles dias, um homem poderia se divorciar de sua esposa se ela sai-se de casa com os cabelos despenteados, ou por conversar com um homem em público. Ele poderia deixa-la simplesmente por ter queimado o pão ou por que que já não gostava mais dela. Seja qual for o motivo, esta era uma mulher que havia sido abusada, usurpada, e jogada fora por homens que ela havia confiado e amado.
        Imagino que ela não era uma mulher jovem. Sem dúvida, os anos de angústia e os sonhos quebrados foram gravados no seu rosto queimado pelo sol. Sua ânsia por amor aumentou o vazio da sua alma...
        Jesus falou-lhe do seu passado, sem uma pitada de condenação ou de rejeição em sua voz.Por uma questão de fato, ele aplaudiu sua honestidade. Ele mudou a conversa para um nível pessoal, e deu um passo mais perto do cerne da questão ... a questão do coração. Jesus move-se sempre a conversa para um nível pessoal quando ele está prestes a libertar alguém. 
        O que fazemos quando confrontados com a verdade nua e crua sobre nós mesmos? Muitas vezes tentamos mudar de assunto. Isso é exatamente o que esta mulher fez. "Não vamos falar de mim", ela parecia dizer. "Vamos falar sobre religião. E as pessoas que ainda não foram evangelizadas? Como Deus pode permitir que coisas ruins acontecem a pessoas boas? O sobre outras religiões? Vamos falar sobre isso. "
        Jesus sempre traz o assunto de volta para mim ... para você. Isso é que é importante para ele. Jesus respondeu a sua pergunta, explicando que Deus está mais interessado em saber como nós adoramos do que quando e onde o adoramos. Ele está mais preocupado com o nosso relacionamento com Ele que com as nossas práticas religiosas. Deus não está impressionado com a religião. Jesus não ficou impressionado com os fariseus. O que Deus quer é entrar em um curso pessoal de relacionamento conosco através do Seu Filho.Que tenhamos intimidade com ele e sejamos verdadeiros adoradores.
        Adriana de Paula
        A Ele seja a honra e a glória para sempre

        1 comentários: