"PUXANDO O FREIO DE MÃO"

13:33:00 Adriana de Paula 0 Comments

A Bíblia diz que há coisa que não entendemos agora, mas que depois entenderemos... “O que eu faço, não entendes tu agora, mas entenderás depois” (Jo. 13:7).

Quando senti a orientação de Deus em escrever algumas mensagens, tanto no meu blog como no blog da USADECRE, sobre a Mulher Virtuosa de Pv. 31, fiquei um tanto insegura, mas senti o Senhor me conduzindo a refletir sobre o verdadeiro papel da mulher cristã, que vai além do seu devocional com Deus e da sua chamada como serva.Na semana passada precisei “puxar o freio de mão”, para dar prioridade ao meu filho Jessé Vinicius, que irá se submeter a um transplante de córneas. Quando me ligaram dizendo que a consulta seria dali a alguns dias, eu fiquei um pouco aflita, pois eu tinha somente dois dias, para arrumar todas as coisas e poder viajar com o meu filho para Sorocaba, uma cidade no interior de São Paulo, onde fica o hospital oftalmológico de Sorocaba, uma das melhores referências do país em transplante de córneas. A princípio fiquei preocupada com os compromissos, com as responsabilidades tanto com a USADECRE, como com a do circulo de oração local da minha igreja, com as agendas, etc. Mas me senti confortada pela resposta da oração quanto ao transplante e a oportunidade que Deus estava me dando de poder dedicar alguns dias exclusivos ao meu filho, que é um adolescente.

Como gosto de ler, tive o cuidado de trazer alguns livros, pois não sei quantos dias ficaremos aqui. Estou lendo o livro Uma mulher segundo o coração de Deus, de Elizabeth George,e li uma frase que me trouxe paz, quanto a estar alguns dias longe das atividades “ Não há maior condição de ministério, posição ou poder, do que a posição ocupada pelas mães”. Não sei quantos dias ficaremos em Campinas (cidade próxima de Sorocaba, onde estou hospedada), talvez uns trinta ou quarenta, pois depois da cirurgia que estamos aguardando a chamada a qualquer momento, ainda precisaremos ficar para os retornos. Mas quero aproveitar cada hora, cada minuto com o meu filho. Como disse na mensagem anterior, um dos princípios para nos tornarmos uma mulher segundo a vontade de Deus, é gastando as nossas forças com os nossos filhos! Como Deus é imensurável, Ele tinha me dado esta mensagem antes mesmo de vir para cá, agora ele me dá a oportunidade, e tempo de sobra, para me dedicar com mais ênfase ao meu filho. Não que não tenho dedicado no dia a dia, tanto ao Jessé Vinícius, quanto ao Matheus, mas estes dias quero dedicar de forma especial, tanto nos cuidados maternos, como ensinando a ele a Palavra de Deus com mais profundidade, orientando o temor e a sabedoria de Deus. Pois este papel cabe a nós. A mãe do rei Lemuel sabia bem desta verdade, no versículo 1 de Prov. 31 diz: “ as palavras que sua mãe lhe ensinou”. Ela havia compartilhado com o seu filho palavras de sabedoria, e ele se lembrou daquelas palavras pelo resto da sua vida.

Tenho orado pelos meus filhos, eles são uma benção na minha vida, mas sinto que nestes dias eu devo me aprofundar mais, e ser mais específica na oração em relação a eles. Como comentei no post anterior eu sou prova de quanto a oração de uma mãe apaixonada por Deus, pode influenciar a vida de seus filhos, mesmo depois de ela ‘ estar com o Senhor’. Gosto de orar sempre que estou viajando, seja de carro, ônibus ou avião, e entre as minhas orações, senti um grande desejo de tirar um particular com Deus, em oração, em favor dos meus filhos. Creio que era o Espírito de Deus comunicando ao meu coração, pois ao continuar a lendo o livro me deparei com uma parte, que confirmou profundamente o desejo da minha alma.

Provérbios 31.2 diz: “ Que te direi, filho meu? Ó filho do meu ventre? Que te direi ó filho dos meu votos? Este versículo revela o cuidado de uma mãe pelo bem estar de seu filho. Ele é o filho de seus votos o filho que pediu a Deus em oração e o dedicou a Ele (como Ana fez com Samuel – 1 Samuel 1). “Filho dos meus votos” , também sugere que seu filho era objeto de seus votos e orações diária, “um filho de muitas orações”. Como observou um comentarista, “dedicação e instrução maternas [incluem]... a base da instrução religiosa, a solene dedicação de seu filho ao serviço de Deus [e] a repetida e mais sincera oração a seu favor. Seu filho não é só a sua descendência; ele é o filho dos seus votos, pelo qual ela tem gasto sua mais ardente devoção” ( Elizabeth George, Uma mulher segundo o coração de Deus, cap 10, pag 112)

Deus abençoe

Adriana de Paula

0 comentários:

Redescobrindo a Mulher de Proverbios 31 - Vestida de Força - PARTE III

13:23:00 Adriana de Paula 0 Comments


Vestida de Força - Parte III

 A força de uma mãe


O terceiro princípio sobre a força de uma mulher é: "A força de uma mãe deve ser gasto com os filhos."

1 Timóteo 5: 14 diz: "Quero, pois, que as que são moças se casem, gerem filhos, governem a casa e não deem ocasião ao adversário de maldizer." Tito 2:4-5 diz, "...para que ensine as mulheres novas a serem prudentes, a amarem a seus maridos, a amarem seus filhos ...boas donas de casa ... "

Quando consideramos essas partes da Escritura, sem dúvida, é preciso muita força para ser mãe. Deus vestiu a mulher de força: "A força e dignidade são os seus vestidos, e ri-se do dia futuro”, use a força que ele lhe deu em seus filhos. E, certamente isto irá assegurar-lhe de deixar um legado vivo para trás: "Levantam-se seus filhos e lhe chamam ditosa ..." Pv. 31: 28.

Mas do que nunca precisamos gastar a força de Deus, com os nossos filhos. Eles são a herança que o Senhor nos deu, e é através deles que a nossa memória e a memória de Cristo perpetuará na terra.

A mulher de provérbios 31, deixou um legado imensurável, a sua vida era dedicada a Deus, ao seu esposo, aos seus filhos, e a todas que a cercavam.

Como uma mulher sábia e prudente ela não gastava as suas forças em coisas banais e fúteis, ela vivia uma vida de propósito, e um deles era ser louvada pelos seus filhos.

Todas às vezes que leio provérbio 31, recordo de minha querida mãe que já está com o Senhor. Nas datas especiais, (aniversário, dia das mães) antes das refeições meu pai abria a bíblia e lia provérbios 31. Ela era uma mulher incrível e nos deixou um legado imensurável. A sua dedicação, o seu amor para com a família era algo extraordinário. A sua fidelidade a Deus era conhecida por todos. Ela incansavelmente gastava as suas forças, tanto física como espiritual com seus filhos. Desde que se converteu a minha mãe logo aprendeu que tinha que buscar a Deus incansavelmente pela vida espiritual da sua família. Me recordo de uma certa vez, em que ela, mesmo debilitada pelas enfermidades que a afligia, decidiu gastar a força que Deus lhe deu, em oração e jejum a favor de meu irmão Sérgio, que era adolescente e estava passando por uma enorme crise espiritual. Como uma mulher cheia de fé ela não poderia ficar indiferente àquela situação, ela teria que fazer alguma coisa. Foi então que ela fez um propósito com o Senhor de ler todo o livro de salmos, 1 capitulo por dia, acompanhado com jejum e oração. Foi 150 dias de oração e jejum, e logo depois daqueles dias, o meu irmão reconciliou com Deus, e hoje ele é um homem abençoado e usado por Deus. Louvo a Deus pela minha mãe, pelo legado que ela deixou. Só a eternidade vai nos revelar o quanto a sua oração influenciou a minha vida, a minha chamada, e o ministério que Deus me deu de ministrar a Sua palavra.

Empenhe a sua força na espiritualidade de seus filhos. Eles não vão se tornar espiritual por acidente. Ore por ele e com ele; leia a bíblia para ele e com ele, e eles se tornarão homens e mulheres espirituais. Um bom exemplo bíblico de mãe que empenhou as suas forças para o crescimento espiritual do seu neto e filho foi Loide e Eunice. Quando o apóstolo Paulo enviou uma carta a Timóteo, ele falou de sua avó e mãe de uma forma maravilhosa:"Quando faço uma chamada à memória a fé não fingida que há em ti, a qual habitou primeiro em tua avó Loide, e em tua mãe Eunice, e estou convencido de que também habita em ti" (2 Timóteo 1.05). Agora, observe o que essas mães fizeram por Timóteo na sua infância, "Tu, porém, permaneces naquilo que aprendeste e de que fostes inteirados, sabendo de quem o tens aprendido, e que desde a tua meninice, sabes as Sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus." (2 Timóteo 3.14-15)

Funcionou! Elas usaram a sua força com o filho Timóteo, e ele se tornou um grande pregador e Pastor da Igreja de Éfeso.

Quem sabe minha querida, você já está cansada de lutar pelos seus filhos, parece que não tem mais forças para lutar por eles, em oração e jejum, mas confie no Senhor, pois Ele “Dá vigor ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor”. Amada o Senhor vai multiplicar as suas forças, você então se levantará e com certeza será a mulher, a esposa e a mãe que Deus projetou. Não se esqueça Ele te vestiu de força!

 Adriana de Paula

0 comentários:

15:11:00 Adriana de Paula 0 Comments



Domingo foi um dia maravilhoso, passei ao lado dos meus filhos e de pessoas que amo.
A noite fomos ao culto, e fizeram uma  programação especial para o Dia das Mães, achei linda a cronica feita pela Gonsalina, coordenadora de Eventos da Igreja, e pedi a ela que me desse, para eu postar no blog, e ela com muita alegria me passou, e quero compartilhar com vocês.








UMA OSTRA CHAMADA MÃE

As mães parecem muito com as ostras.
Você se perguntará porquê?
Deus escolheu as ostras para que fossem especialmente valiosas.
Deus escolheu as mães, para que fossem também especialmente valiosas.
Deus permite que dentro das ostras entre um grãozinho de areia lhe causando dor insuportável, rasgando a sua carne cada vez que ela tenta tira-lo do seu corpo.
Assim são também as mães. Deus as vezes permite que a dor invada a sua alma, causando-lhe uma dor quase que insuportável, e ela tenta tirar esta dor aos pés do Senhor.
Deus deu as ostras a capacidade de envolver o grão de areia que lhe causa tanta dor com uma substância maravilhosa. Deus também deu as mães a capacidade de envolver, as dores, as provações, com um sentimento maravilhoso chamado AMOR
A ostra apesar da dor profunda, produz uma das jóias mais valiosas da face da terra: A Pérola
As mães, pelas mãos de Deus, vencem as lutas, as dificuldades e são transformadas em jóias tão preciosas, comparadas a uma pérola.

0 comentários: