ERGA AGORA A CABEÇA!

0 Comments

"Estava Jesus ensinando na sinagoga em um sábado. Havia ali uma mulher que, há dezoito anos, era possessa de um espírito que a detinha doente: andava curvada e não podia absolutamente erguer-se. Ao vê-la, Jesus a chamou e disse-lhe: Estás livre da tua doença. Impôs-lhe as mãos e no mesmo instante ela se endireitou, glorificando a Deus.       
      (verLucas 13,10-17)

Era sábado, o Senhor estava ensinando na sinagoga.
Creio que as sua palavras ferviam os corações ali presentes.
Mas de repente ele parou, e deu uma pausa em seu sermão. Mas o que faria o mestre parar? Porque Ele parou quando todos estavam ansiosos por sua palavra? Ele parou ao ver o sofrimento de uma mulher! Jesus parou quando olhou para a multidão e viu uma pobre mulher acometida de uma enfermidade de origem espiritual, ele parou ao ver o sofrimento de uma mulher que andava curvada. Esta mulher há dezoito anos andava corcunda, olhando apenas para o chão. Ela não olhava para frente, para o horizonte e muito menos para cima, ela já não podia erguer a cabeça e nem andar de cabeça erguida, pois ela estava presa por uma enfermidade. Mas naquela manhã de sábado, ela estava frente a frente com o filho de Deus.

Creio que jamais havia chegado ao coração ou ao pensamento daquela mulher, que alguém se importaria com ela, a ponto de parar um sermão. Imagino o quanto ela ficou surpresa ao ser chamada por Jesus. Não sei quantas pessoas estavam na sinagoga naquele dia, não sei quantos enfermos estavam ali, mas foi aquela mulher curvada que fez Jesus parar, pois tinha chegado ‘a sua vez’. Os meus filhos sempre cantam um pedaço de um hino que diz: “ é a sua vez, é a sua vez, é a sua vez de ser abençoado...” Havia chegado à hora daquela mulher ser abençoada, era a vez dela ser chamada por Jesus, ser liberta dos espíritos que a aprisionavam deixando-a encurvada.
Quem sabe minha querida,hoje chegou a sua vez, hoje chegou a sua vez de ser abençoada, hoje chegou o dia de você ser alcançada pelas mãos saradoras de Jesus. Àquela mulher sofria por dezoito anos, mas chegou a sua hora, chegou a sua vez. Não sei a quanto tempo você está sofrendo, não sei há quantos anos esta enfermidade aflige o seu corpo, tirando-lhe a alegria de viver; não sei a quanto tempo você anda encurvada pela culpa que carrega em seus ombros; não sei a quanto tempo você anda cabisbaixo, sem forças para erguer a cabeça achando que está tudo perdido. Mas uma coisa eu sei, que está chegando a hora de você ser abençoado. Nesta manhã, ao levantar eu orei para que Deus me conduzisse a um texto bíblico, em que Ele pudesse falar ao seu coração. Senti o Senhor me guiando, até que pude entender que hoje chegou a sua vez! Não é mais um jargão de pregador, ou utopia, é o Senhor falando ao meu coração e ao seu, que hoje chegou a sua vez! Que hoje chegou o dia de você deixar este fardo que é tão pesado sobre os teus ombros, e coloca-los aos pés da cruz.

Jesus parou e chamou àquela mulher, e quando ela se aproximou ele disse: “ Mulher estás livre da tua enfermidade”.( ver Lc.13.12). Jesus não mudou. Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente, Ele ainda para diante do seu sofrimento.Ele ainda se importa com você. Ele quer tirar o fardo da insegurança, o fardo do medo, o fardo da angustia, que tem pesado os seus ombro, fazendo-a andar de cabeça baixa. O Senhor quer te libertar de tudo aquilo que te traz sofrimento. Erga agora a tua cabeça, pois nem tudo está perdido.Não se proste diante das lutas e dos problemas. E se for para se prostrar que seja aos pés de Jesus! E você será uma mulher vitoriosa.


Deus te abençoe

Adriana de Paula


You may also like

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.