MARIA MADALENA

0 Comments
“Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus. (João 20:17).

Jesus sabia o que estava por vir. Ele tentou avisar os discípulos. A morte estava no ar, com roda de ódio sanguinário que circundava o Filho de Deus. Mas de alguma forma os discípulos não entendiam a eminência da crucificação de Jesus, e eles certamente não compreenderão a promessa da ressurreição. Maria Madalena não queria entender. No entanto, ela estava lá até o final ... e no novo começo para todos nós.
Depois de 'prender Jesus’, seus onze discípulos espalharam-se com medo como ratos quando as luzes se acendem - mas não Maria Madalena.
 Horrorizada ela prestou atenção enquanto seu corpo espancado foi despido, pregado na cruz romana cruel, e apresentado perante a multidão. Ela viu o seu precioso sangue escorrendo pelo seu rosto dos furos da coroa de espinho encravado em sua testa. Maria observava atentamente quando seu corpo sem vida foi baixado da cruz e seguiu em silêncio quando o puseram no túmulo emprestado. Ficamos sem as histórias de Maria Madalena, fugindo das autoridades, se escondendo atrás de portas trancadas.
Quando chegou a hora de fazer  a sua grande revelação, Jesus tinha algo, ou melhor, alguém, muito especial em mente.
 Ela estava chorando diante do túmulo vazio.

"Mulher", disse ele, "porque você está chorando? Quem é que você está procurando?"

Pensando que ele era o jardineiro, ela disse: "Senhor, se foste tu que o tiraste, dize-me onde você colocá-lo, e eu vou buscá-lo."

Jesus disse-lhe: "Maria". (João 20:15-16a)

 Maria estava chorando, a tristeza tomava conta do seu ser, a dor da perca e da separação invadia a sua alma.Todos os seus sonhos - quebrados. Eles morreram com Jesus na cruz e foi selada no túmulo de pedra fria. E agora? Havia desaparecido a ultima coisa que lhe restara - o corpo de Jesus. O túmulo vazio apagava os três anos mais importante de sua vida ... mas de repente  ... tudo mudou com apenas uma palavra. "Maria".

Assim que ele disse seu nome, Maria sabia que era Jesus.

Anteriormente Jesus havia ensinado: "Eu sou o bom pastor, conheço as minhas ovelhas,e elas conhecem a mim ... As minhas ovelhas ouvem a minha voz, eu as conheço, e elas me seguem." (João 10:14, 27). Quando o bom pastor falou o nome dela, ela reconheceu-o imediatamente.

E qual foi a primeira palavra que o Senhor ressurreto falou? "Mulher". Te amo Jesus!  O Senhor veio para libertar as mulheres da opressão social e religiosa de sua época. Ele homenageou as mulheres. Ele respeitava as mulheres. Nomeou mulheres. Suas primeiras palavras depois da sua ressurreição foram direcionadas para uma de nós - e, em certo sentido, era para todas nós.
Ela se virou para ele e gritou em aramaico, "Rabonni!" (Que quer dizer Mestre).
“Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus." (João 20:17).

O que Maria fez quando percebeu que Jesus estava vivo? A mesma coisa que eu faria se eu percebesse que alguém que eu amava e que era dado como morto aparecesse de repente. Eu o abraçaria, e não o largaria, não o soltaria mais! Maria, porém, tinha que deixar Jesus ir, ela também tinha que ir, porque Ele estava mandando ela em missão especial,  “mas vai para meus irmãos”. Liz Curtis Higgs escreveu: "Assim como Deus escolheu Maria de Belém para trazer o menino Jesus ao mundo, Deus escolheu Maria Madalena para trazer as boas novas do Cristo ressuscitado ao mundo."

Durante um momento na história quando as mulheres não podiam testemunhar em um tribunal, pois não eram consideradas testemunhas confiáveis, Deus designou Maria Madalena, a principal testemunha ocular do acontecimento mais significativo de toda a história.

"A ressurreição de Jesus foi o ponto mais crucial de todos os tempos. E, no entanto, ele esperou até que Pedro e João saíssem, deixando o túmulo vazio, antes de fazer sua presença conhecida a uma mulher solitária, a uma mulher que antes do seu encontro com Jesus era perturbada por espíritos malignos, mas que agora, vivia para Ele e por Ele.Ela não só foi a primeira testemunha da ressurreição de Jesus, ela também foi a primeira pessoa a anunciá-lo. Jesus queria  honrar uma mulher e havia reservado esse momento a Maria Madalena. O Senhor quer te honrar.Ele tem reservado para você momentos surpreendentes.

Adriana de Paula
Mensagem também publicada no site da USADECRE



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.