Preparando-se para a TPM - Parte 4 - A Nuvem de Testemunhas

0 Comments
É mais fácil falar do que fazer. Esse negócio de dizer aos nossos sentimentos para se submeterem à Verdade, não é uma coisa que se faz de uma vez, como aprender o ABC na primeira série. É uma batalha, uma batalha intensa, uma batalha que dura a vida inteira, onde muitas vezes as derrotas são mais freqüentes do que as vitórias, e o progresso é difícil de medir.
Mas não somos as primeiras a lutar. Voltando para traz até o início dos tempos está uma linha ininterrupta de santos que lutaram contra as investidas de suas emoções.
O profeta Miquéias sabia o que é “morar nas trevas” Mq.7:8,9.
Jó, em meio ao seu sofrimento, lamentou a sua própria existência: “Pereça o dia em que nasci e a noite em que se disse: Foi concebido um homem! Converta-se aquele dia em trevas.” Jó:3:3-4
O salmista repreendeu a sua alma em desespero: “Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim?” Sl.42:5,6
O apóstolo Paulo implorou ao Senhor para tirar o seu espinho, seu “mensageiro de Satanás, para me esbofetear”.
David Brainerd “sofreu com o mais negro desânimo, ocasionalmente, durante a sua vida breve.”
O missionário Henry Martyn “sofria de uma tendência óbvia à morbidez e introspecção.”
Charles Spurgeon lamentou: “Meu espírito estava tão para baixo que eu poderia chorar por uma hora como uma criança, e mesmo assim não saber por que eu estava chorando.” (Nós todas sabemos o que é isso!).
Martyn Lloyd-Jones escreve sobre estar “sobrecarregado de trabalho, e exasperadamente cansado e, portanto, sujeito de uma maneira incomum às investidas do inimigo.”
Preciso continuar? Porque eu poderia! E todos esses eram homens que não precisavam lidar com TPM ou menopausa!
Entretanto, a batalha não é a única coisa que esses homens têm em comum. Muito mais encorajador é ver que todos eles receberam graça do nosso Pai Celestial para suportar, e, eventualmente, triunfar! Todos eles foram conduzidos a descobrir a “válvula de escape”.
Como John Piper escreve: Deus teceu a Sua Palavra com fios de verdade diretamente opostos ao nosso desânimo. A lei de Deus realmente restaura (Sl.19:7). Deus realmente nos leva para junto das águas de descanso (Sl.23:2). Deus realmente nos mostra os caminhos da vida (Sl.16:11). A alegriarealmente vem pela manhã (Sl.30:5).”
Que essa “tão grande nuvem de testemunhas” possa nos estimular a continuar “desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia,” e a corrermos” com perseverança, a carreira que nos está proposta.” Hb.12:1


Nicole Whitacre




(1) Este é o quarto de uma série de 17 posts publicada no blog Girl Talk entre os dias 12/02/08 a 06/03/08 
Fonte: Extraído do site GirlTalk. parte4

Tradução: Priscila Bernardi Heyse e Ester Bernardi Marafigo



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.