Preparando-se para a TPM - Parte 10 - Nunca ruim demais

0 Comments

TPM10_big.jpg (9K) - dedo com barbante vermelho amarrado
Aprender como lidar com nossos sentimentos – estar alegre mesmo quando não nos sentimos felizes, resolver obedecer, mesmo quando não queremos – esta é a válvula de escape número 1 do labirinto hormonal.
A válvula de escape número 2 (e a número 1 por ordem de importância) é lembrarmos do evangelho. Mais especificamente lembrarmos de que fomos justificadas - declaradas justas – diante de Deus baseado no que Cristo fez por nós na cruz, e não no nosso desempenho durante a TPM.
Quando os hormônios estão furiosos, geralmente ficamos inclinadas a focalizar na nossa (falta de) obediência e nos desencorajamos quando falhamos. Nós, às vezes, sentimos (erroneamente) que não conseguimos “nos acertar” com Deus enquanto a nossa depressão pós-parto não for embora. Temos a tendência de andar em volta de uma nuvem de condenação ao invés de virmos a Deus, nos arrependermos, recebermos perdão pelos nossos pecados e forças para suportar.
É por isso que precisamos nos relembrar, mais resolutamente do que nunca, de que somos justificadas SOMENTE pelo que Cristo realizou por nós na cruz. Não somos menos capazes de vir a Deus nos dias em que nos sentimos desanimadas, deprimidas ou em que estamos irritadas, do que nos dias em que estamos felizes e vitoriosas. Isso porque nós sempre somos aceitas por Deus somente por causa de Cristo e do que Ele fez por nós na cruz.
Ou, parafraseando Jerry Bridges (de uma maneira que eu não tenho certeza se foi a que ele pretendeu, mas de uma que espero que ele aprovaria): nossos dias de TPM nunca são tão ruins que nos deixam além do alcance da graça de Deus, e os nossos melhores dias pós depressão pós-parto nunca são tão bons que nos deixam além da necessidade da graça de Deus.
Amanhã continuaremos com mais “válvulas de escape” práticas.


Nicole Whitacre

(1) Este é o décimo de uma série de 17 posts publicada no blog Girl Talk entre os dias 12/02/08 a 06/03/08
Fonte: Extraído do site GirlTalkparte10


Tradução: Priscila Bernardi Heyse e Ester Bernardi Marafigo
www.bomcaminho.com


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.