Mulher Estás Livre - Parte 2

10:31:00 Adriana de Paula 5 Comments

Quando Jesus disse “ Mulher estás livre”, ele não a chamou pelo nome, mas dirigiu-se a sua feminilidade. Ele dirigiu-se à sua condição de mulher. A sua natureza distinta, entrelaçada pelas emoções, voltada para os relacionamentos. Ele voltou-se para a natureza feminina porque ele sabe o quanto somos sucessivas  a carregar bagagens.
Eu não sei você, mas eu não sei viajar com pouca bagagem, costumo levar coisas que nem chego a usar. O que poderia ser uma pequena valise se torna uma imensa mala, pois sempre acho que ‘preciso’ carregar mais alguma coisa. Não é assim? Você também não se acha levando mais bagagem do que o necessário? O que era para ser uma bolsa de mão se tornou uma bagagem quase impossível de carregar. Não queremos deixar nada para trás, levamos além do necessário, insistimos em carregar os traumas do passado,  as emoções negativas,  e as não vivenciadas de uma forma saudável. Você não precisa carregar toda essa carga. A bagagem da culpa, do ressentimento, da ansiedade. Todas elas são muito pesadas para você. “Arrie a carga”. É o que Jesus está dizendo para você.
“Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu julgo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e acharei descanso para vossa alma.” ( Mt 11.28-29)      
‘E vos aliviarei’. Não é isso que todas nós queremos? Aliviar a carga que está sobre os nossos ombros? E é isto que Jesus nos oferece. Ele nos convida a tirarmos  o peso dos nossos ombros e colocarmos aos pés da cruz.
‘Descanso para a vossa alma’. Não é este o nosso anseio? Descansar a nossa alma?  E é isto que Jesus nos oferece. Ele nos guia para as águas de descanso e refrigera a nossa alma.
Como disse Max Lucado, “ Viajar sem bagagem significa confiar em Deus as cargas para as quais você não foi destinado”.
Você não foi criada para carregar fardos. Ele quer tirar do seu ombro o a sobrecarga , que nos faz andar encurvadas, olhando para o chão, sem expectativas. Ele que aliviar o nosso sofrimento, a nossa dor, curar as feridas de um coração machucado pela injustiça, pela decepção e pelo abandono.


Adriana de Paula

5 comentários:

Beleza Interior

08:22:00 Adriana de Paula 5 Comments

O mundo tem o seu padrão de beleza pré definido. Basta abrir uma revista , ou dá uma olhada nos outdoor que você terá uma ideia de que o mundo considera uma mulher bonita. Mas o que a Bíblia diz a esse respeito?
 O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos; Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de  um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos;” ( 1 Pe. 3.3-5)

 Beleza Interior


Nossa cultura envia tantas mensagens  sobre o que significa ser bonita. Mas para você, o que realmente é importante? O que o mundo dita e pensa sobre você, ou o que Deus pensa e acha precioso em você?  Com isto não estou dizendo que não devemos nos preocupar com a beleza exterior, com os cuidados com o corpo, e com a nossa aparência, mas a nossa atenção não deve estar focada somente no ‘adorno exterior’.  Pois o real valor de uma mulher não pode ser comprado, aplicado, pendurado nas orelhas, ou desenhado por um grande estilista da moda. A verdadeira beleza interior da mulher de Deus, daquela que teme ao Senhor ( Pv 1.7),  é maior que meros acessórios e enfeites externos.


A atitude da mulher dentro do coração, de um espírito manso e tranqüilo é que traz  a verdadeira beleza.

 “ Enganosa é a graça e a beleza é vã, mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada” ( Pv 31.30).


O que fará com que você seja apreciada, louvada, admirada, pelo seu esposo e pela sua família é muito mais do que a sua beleza exterior, e sim a atitude de um coração manso e tranqüilo que teme ao Senhor.

Espírito Manso e Tranqüilo

“Mansidão é a calma confiança, garantia estabelecida, e descanso da alma. É o silêncio tranqüilo de um coração que está em repouso em Cristo. É o lugar de paz.”

Ser mansa e tranqüila, não faz parte da nossa natureza humana. Somente Deus, através do seu Espírito pode produzir em nós um espírito manso e tranqüilo. Imagino, que para a maioria de nós,  se não todas , é uma luta diária para termos um espírito manso e tranquilo. Ter um espírito manso quando parece que o nosso sangue está fervendo diante dos aborrecimentos diários. Ter um espírito tranquilo, quando  estamos ansiosas, irritadas e cheias de medo e temores.  Mas você não está sozinha nesta luta, o Bom Pastor, está com você, conduzindo-a às águas tranqüilas, refrigerando a sua alma, enchendo-a do seu Espírito.

5 comentários:

Mulher Estás Livre - Parte 1

08:59:00 Adriana de Paula 1 Comments

Quem nunca se sentiu assim, como se estivesse enlinhada, amarrada, e impedida de caminhar, presa por uma situação ou circunstância? Imagino que àquela mulher que tinha uma doença que a deixava encurvada se sentia assim:
"Estava Jesus ensinando na sinagoga em um sábado. Havia ali uma mulher que, há dezoito anos, era possessa de um espírito que a detinha doente: andava curvada e não podia absolutamente erguer-se. Ao vê-la, Jesus a chamou e disse-lhe: Mulher estás livre da tua doença. Impôs-lhe as mãos e no mesmo instante ela se endireitou, glorificando a Deus." ( Lc 13.10-17)


 Esta mulher há dezoito anos andava corcunda, olhando apenas para o chão. Ela não olhava para frente, para o horizonte e muito menos para cima, ela já não podia erguer a cabeça e nem andar de cabeça erguida, pois ela estava 'presa' por uma enfermidade. 
Quantas vezes o adversário da nossa alma, quer nos prender, quer nos deter, nos impedir de sermos livre para adorar ao Senhor.
Aquela mulher vivia presa em cadeias espirituais, a origem da sua doença era espiritual, mas chegou o dia, em que ela encontrou a Jesus, e Ele a libertou de suas prisões.

"O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;" (Is 61.1)

 Esta é a missão do filho de Deus - proclamar liberdade aos cativos, e abrir as cadeias e as prisões aos presos.

Era sábado, o Senhor estava ensinando na sinagoga.Creio que as sua palavras ferviam os corações ali presentes.
Mas de repente ele parou, e deu uma pausa em seu sermão. Mas o que faria o mestre parar? Porque Ele parou quando todos estavam ansiosos por sua palavra? Ele parou ao ver o sofrimento de uma mulher

Creio que jamais havia chegado ao coração ou ao pensamento daquela mulher, que alguém se importaria com ela, a ponto de parar um sermão. Imagino o quanto ela ficou surpresa ao ser chamada por Jesus. Não sei quantas pessoas estavam na sinagoga naquele dia, não sei quantos enfermos estavam ali, mas foi aquela mulher curvada que fez Jesus parar, pois tinha chegado ‘a sua vez’. Tinha chegado a sua vez de ser liberta, de ser livre das correntes, dos laços do adversário. Jesus estava ali  para a libertar dos laços do passarinheiro (Sl 91.3), e está com você, para te fazer uma mulher livre. 
Jesus parou e chamou àquela mulher, e quando ela se aproximou ele disse: “ Mulher estás livre da tua enfermidade”.( ver Lc.13.12). Jesus não mudou. Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente, Ele ainda para diante do seu sofrimento.Ele ainda se importa com você. Ele quer te libertar das prisões da insegurança,  do medo,  da angustia, da decepção, fazendo-a andar de cabeça baixa. O Senhor quer te libertar de tudo aquilo que te traz sofrimento. Somente creia no poder libertador de Jesus, pois " Se o filho de Deus vos libertar, verdadeiramente sereis livre" ( Jo 8.36) e seja livre para viver tudo o que Deus preparou para você.


Adriana de Paula

1 comentários: