Construíndo o Quarto do Casal

0 Comments
 Quando duas pessoas se casam e se comprometem construir um relacionamento sob os princípios da Palavra de Deus, não há limites para a intimidade que podem experimentar. Mas o que aconteceu com todo o romance, carinho e satisfação sexual desfrutado no início do casamento? Onde foram parar aqueles olhares apaixonados? E a intensidade e prazer sexual? Foram junto com as contas para pagar que começaram a chegar? Ou com as fraldas e as noites mal dormidas quando o tão sonhado bebê chegou?

Para muitos casais, depois de algum tempo de casamento a intimidade conjugal deixa de ser tão prazerosa e já não tem mais a intensidade que havia no início do casamento.

Edificar o quarto do casal, é uma tarefa que exige muito esforço. Precisamos investir em nosso relacionamento através da oração e de atitude que edificam

A Bília diz que a mulher sábia Edifica e a insensata derriba com as próprias mãos, isto fala de atitude. A sua atitude minha querida pode erguer uma casa maravilhosa. Sei que não depende só de você, mas a atitude de uma mulher sábia pesa muito na construção de um casamento abençoado.

Erga-se como uma Mulher que Edifica. Não desista desta construção, ainda que você se sinta tão distante emocional e fisicamente do seu esposo. Lute pelo seu casamento, lute para trazer a intimidade de volta para sua casa. A intimidade que se perdeu no meio do caminho.

As diferenças entre os cônjuges, os problemas que surgem no dia a dia vão aos poucos afastando um ao outro. Sulamita a esposa do rei Salomão, que nos primeiros capítulos do livro de Cantares de Salomão se mostrou uma esposa tão apaixonada "Beije-me com os beijos da tua boca, porque melhor é o seu amor do que o vinho" ( Cantares de Salomão 1.2), mostra-nos no capitulo cinco uma atitude de desinteresse sexual, por estar aborrecida com o seu esposo. Ela havia se preparado para esperar o marido para  uma noite especial, mas ele por um motivo ou outro chegou tarde, e ela já não estava mais disposta a desfrutar da intimidade que ela mesmo havia planejado e desejado (Ver Cantares de Salomão 4.16). Magoada e cheia de ressentimentos ela toma uma atitude insensata e fecha a porta para a intimidade conjugal.

Não é assim que acontece muitas vezes? Fechamos a porta da intimidade quando sentimos frustradas e magoadas? As mulheres fazem isso com facilidade porque para a mulher o sexo está ligado às suas emoções. 

São comuns alguns conflitos no relacionamento conjugal, mas não podemos deixar que estes conflitos acabem com a festa. Não podemos deixar que as raposinhas cheguem e destruam toda a vinha!

"Apanhem para nós as raposas, as raposinhas que estragam as vinhas, pois as nossas vinhas estão floridas." Cânticos 2:15

Peça a Deus sabedoria  para tratar com os conflitos e dificuldades, a fim de proteger o seu casamento, e reacender a intimidade que Deus projetou para você.



*Texto baseado no capítulo Erguendo as paredes do quarto do casal, do livro Mulheres que Edificam. 



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.