Receita da Infância: Almôndegas!

16:27:00 Adriana de Paula 0 Comments


Hoje pela manhã fazendo algumas comprinhas no supermercado me deparei com uma bandeja de almôndegas. Quando as vi, me veio algumas memórias da infância. A minha mãe sempre fazia almôndegas em casa e eram maravilhosas. Engraçado o quanto a comida tem o poder de nós trazer doces recordações. Dizem por aí que cozinhar é uma das formas de amar, é eu concordo plenamente! Acredito que quando preparamos a refeição para a família com amor, aquele prato e  o momento fica eternizando  no coração, principalmente dos pequenos
Quando vi a bandeja de almôndegas  não resisti e levei para casa. Preparei com tanto carinho, que recebi vários elogios pelo simples prato de almôndegas!
 Vou compartilhar a receita com vocês, pois é bem prática  e barata, e  com certeza vai render muitos elogios!


Você vai precisar de uma bandeja de almôndegas, ou pode fazê-las em casa mesmo, aqui está a receita para preparar em casa. Tomates bem maduros, cebola, alhos, bacon para dar aquele gostinho bom, cogumelos e molho de tomate.



Coloque as almôndegas  em uma panela com um fio de óleo e as deixe corra dos dois lados, acrescente o bacon  e o deixa fritar. Retire o excesso  de gordura e acrescente o alho, a cebola, o tomate em cubos e os cogumelos fatiados.

Após refogar por alguns minutos, acrescente o molho de tomate e um pouco de água.
Tampe a panela e deixe cozinhar até o molho reduzir até ficar suculento.


E aí é só servir acompanhado com arroz, batata palha e salada verde, ou uma massa se preferir. E a sua família vai amar!

0 comentários:

9 Atitudes de uma Mulher Sábia

10:05:00 Adriana de Paula 0 Comments



Muitas são as atitudes da Mulher Sábia, da Mulher que Edifica, mas aqui vão algumas das atitudes para te inspirar a se Tornar uma Mulher Sábia:

1. Pensa antes de Falar


2. Fala no momento certo






3. Pensa no Bem Coletivo, no Bem Comum


4.Coloca as coisas em perspectiva antes de tirar conclusões precipitadas


5. Não deixa que a negatividade das pessoas a abale


6. Não age impulsivamente.


7. Aceita as pessoas como elas são


9. Não olha só para a aparência, observa o conteúdo.


10. Não julga os outros, tenta colocar-se no lugar



Adriana de Paula

0 comentários:

BELA, RECATADA e do LAR

14:39:00 Adriana de Paula 0 Comments


Desde que a revista Veja publicou na semana passada uma matéria a respeito  de Marcela Temer com o título: Bela, Recatada e do Lar, muito burburinhos e polemicas surgiram nas redes sociais a respeito do perfil da mulher. De um lado feministas e ativistas contra atacando  a figura da mulher como recatada e do lar, em detrimento de 'ser o que quiser', 'livre' e 'solta'. Do outro lado, mulheres que entendem o seu maior chamado, e missão de cuidar da família. E no meio, mulheres confusas sem saber ao certo a sua posição.

Essa confusão não é de hoje. Desde que começou o movimento feminista nos Estados Unidos, em que as feministas saíram com faixas e cartazes gritando pelas ruas: "Mulheres, saíam de casa!", Trabalhem fora!", "Lugar de mulher é na Casa Branca", a confusão se instalou. Querem nos convencer a todo o custo que o lugar da mulher não é em casa! Que o nosso lugar é em qualquer lugar, menos dentro de casa! Mas porque não pode ser fora e dentro de casa ao mesmo tempo? Acho que a questão não é onde é o nosso lugar, e sim onde está o nosso coração! A Bíblia diz que onde está o seu tesouro ali estará o seu coração. E qual o seu maior tesouro? Qual o seu maior patrimônio? Se for o seu lar, acredito que o seu coração estará lá!

Já me senti bastante confusa quanto ao meu papel enquanto mulher. Hoje posso dizer que sou bem resolvida nesta questão. Sou do lar por uma questão de escolha. Escolhi não trabalhar fora. Em Eu Dona de Casa, falo sobre essa decisão e acredito ser a melhor decisão que já fiz. Ficar em casa o tempo todo e não trabalhar fora é uma questão de escolha. Não devemos sentir pressionada a ficar em casa porque lá é o nosso lugar, como dizem alguns. Isso soa um tanto machista. Devemos ficar em casa, seja o tempo todo ou parte dele, porque o nosso coração está lá! Porque entendemos o nosso chamado! Porque amamos cuidar daquilo que Deus nos deu. Amamos cuidar do marido, dos filhos, da casa, ainda que não seja em tempo integral. Ainda que você trabalhe fora, ou seja uma  empreendedora dentro de casa, ou viaje nos finais de semana como eu, atendendo ao chamado do Senhor, não deixe que nada e ninguém tire de você este privilégio de ser do lar.

Apesar de ser do LAR, não sou  exclusiva do lar. E a maioria das mulheres que conheço não o são. Tenho que me desdobrar muito para cuidar do lar e realizar tudo aquilo que Deus confiou a mim.  Mas a mulher de Provérbios 31 também não era exclusiva do lar! A mulher que Deus idealizou em sua Palavra era do lar, cuidava da casa, dos filhos e do marido ( Pv 31.15,21,27). Mas também era uma empreendedora, tecia e vendia aos mercadores (Pv 31.24), e ainda encontrava tempo para cuidar dos pobres e estrangeiros ( Pv 31.19)! Ela era tão atuante quanto a maioria de nós! Ela se desdobrava para dar conta do recado! E foi chamada de virtuosa, porque conseguia conciliar casa, marido, filhos, profissão ( só para lembrar, tapeceira) e outras atividades que o tempo lhe permitia.

Minha amada não se sinta confusa quanto ao seu papel e chamado! Ser do LAR não deve ser denotado como algo insignificante, desprezível e até mesmo humilhante. Ser do Lar é muito mais que estar lá o tempo todo. É ter o coração voltado para a família. É ter a família como prioridade. É às vezes ter dupla jornada para dar conta do recado. É ter o coração no lar! 

Adriana de Paula

Grandes são os obstáculos que a mulher moderna enfrenta todos os dias, mas o maior de todos os desafios ainda é construir um lar abençoado e fazer da casa um refúgio para a família.
A casa que Deus quer que você construa vai muito além de paredes, portas e janelas. Este livro vai ajudá-la na edificação de um lar feliz e cheio de realizações.

Conheça alguns segredos e dicas que farão o seu casamento e a sua família prosperar em todas as áreas.

Compre já o Livro Mulheres que Edificam e comece hoje mesmo a Edificar um lar abençoado!

Conheça mais sobre o Livro Mulheres que Edificam e outros em nossa loja virtual.

0 comentários:

Caderno de Organização

23:31:00 Adriana de Paula 0 Comments


Olá Mulher que Edifica! Como disse nos post anterior estava em dúvida entre fazer um planner ou um caderno de organização para me ajudar a ser mais organizada. Com tantas coisas para fazer, cuidar de casa, do blog, do projeto MEL - Mulheres que Edificam Lares, das ministrações  e viagens, às vezes fico sem saber por onde começar. Acredito que o primeiro passo para colocar as coisas em ordem por aqui é fazendo um planejamento. Mas nada muito elaborado, precisa ser simples e prático, por  isso resolvi fazer um caderno de organização, acho que um planner iria me deixar mais confusa ainda. Por isso preferi comprar um caderno de matérias pois quero usar o caderno de organização para quase tudo, desde anotação de rotinas, listas, finanças, post para o blog e mensagens de ministração. 


Para ficar personalizado fiz uma arte bem feminina, dividindo por partes o caderno, conforme as minhas necessidades:


Entrada - Onde irei anotar um dias antes tudo o que tenho que fazer no outro dia.
Casa -  Tudo que se refere a casa, desde lista de compras que preciso fazer, reparos que sempre esqueço de falar para o maridão no final de semana, rotina de limpeza ....
Blog - Ideias de post, contato de parcerias e publicidades, melhorias no blog...
Inspiração - Colocar no papel todas as inspirações que surgir, quem sabe assim não surge outro livro?
Finanças - Registar entradas e saídas. Será que vou conseguir? Vou tentar...







Espero que tenham gostado da ideia do caderno de organização. E se ainda não tem, se inspire a fazer um!

0 comentários:

Confissões de uma Dona de Casa!

15:19:00 Adriana de Paula 0 Comments


Vou começar esta nova etapa do blog fazendo algumas confissões! Não sou muito organizada, apesar de gostar das coisas no lugar. Estranho, não? Talvez seja pela correria do dia a dia e a pressa de fazer as coisas para 'dar conta do recado'. Preciso estar muito atenta para não deixar a bolsa no sofá e o calçado no canto da sala quando chego em casa. Não gosto de listas, mas sinto o quanto ela me faz falta quando chego das compras. Não aprecio guardar roupas e nem  louças,  mas gosto de ter os armários bem arrumados, então faço sem gostar mesmo, afinal a gente não faz só o que gosta. Não faço menu das refeições semanais como fazia a minha mãe. E ultimamente não tenho um planejamento das rotinas diárias, e isto está me deixando louca! Até algum tempo atrás eu tinha 'o dia' de lavar roupas, 'o dia' de passar,  'o dia' de faxinar a cozinha, e 'o dia' de fazer o resto da faxina na casa. Mas com a correria do dia a dia,  os projetos dos livros, as viagens e agendas, aos poucos a minha rotina foi tornando um caos. Ufa, como é libertador fazer esta confissão, poder puxar a cadeira enquanto tomo uma boa xícara de café e conversar  com você sobre coisas do dia a dia, da vida prática, das lutas que enfrento para Edificar um lar abençoado.

Nestes últimos dias Deus tem ministrado muito ao meu coração sobre organização e vida prática. E quero compartilhar com você minha amada, algumas coisas que encontrarei na saga por uma vida mais organizada e menos estressada! Acredito que ser organizada nos faz menos estressada e nos ajuda a construir uma casa acolhedora, aconchegante e tranquila.

A mulher virtuosa descrita em Provérbios 31 é extremamente organizada. Ela tem uma capacidade surpreendente de organizar a vida. Você não  vê caos ou bagunça na vida desta mulher. Diz em Pv 31.15 que ela levantava de madrugada para dar mantimento a sua casa, e tarefa às suas servas. Isso fala de organização. Logo pela manhã ela planejava o seu dia. Ela ordenava com sabedoria as suas servas. Como não tenho secretária do lar, o que torna a minha vida e da maioria das mulheres muito mais dura e corrida, preciso acordar cedo e ordenar a mim mesma as minhas tarefas! Uma boa maneira de começar a me organizar é fazer um planejamento seja diário ou semanal. Mas como vou fazer isso? Escrevendo na agenda? Poder ser, mas comigo não deu muito certo, quando tentei a minha agenda virou uma confusão, tinha até receita de bolo! Por isso deixo a agenda somente para anotar os compromissos, como palestras e ministrações, viagens e algum evento que não posso faltar. Colocar lembretes na geladeira do que fazer e quando fazer? Acho que fica muito confuso e 'desorganizado'. Fazer um planner? Ou simplesmente criar uma lista em um caderno de organização? Ou quem sabe usar algum aplicativo de organização?  Você viu, são muitas as opções para quando queremos ser mais organizada. Vou achar a minha, ache a sua também. Ache alguma maneria que simplifique a sua vida.





Eu particularmente sou das antigas, e amo escrever à mão, por isso acredito que vou fazer um planner ou um caderno de organização. Ainda estou na dúvida, mas quero algo que seja simples e que me ajude ser mais organizada. No próximos post, trarei o método de organização que  mais irá se adequar a minha realidade e que deixará minha vida mais leve e prática. Comente também como você faz para ser mais organizada, como você se planeja e anota para deixar a sua vida mais pratica e menos estressada, é claro!

0 comentários:

Puxe a cadeira, pegue uma boa xícara de café e vamos conversar!

04:41:00 Adriana de Paula 0 Comments


Como disse no post anterior, ser dona de casa é uma missão nada fácil. Pensando nisso, e em como tornar esta missão mais fácil, ou melhor mais prática, a partir de agora irei compartilhar com vocês algumas dicas de organização, receitas saborosas para você preparar para sua família, e muito mais do dia a dia da Mulher que Edifica!

Espero que gostem, pois além das mensagens de inspiração  e de ânimo encontradas aqui no blog, você agora também poderá  encontrar em um só lugar muita coisa do universo feminino, casa, decoração, moda e muito mais.

Sei que muitas meninas já passavam um bom tempo por aqui, entre uma mensagem e outra, mas agora você terá mais alguns bons motivos para ficar, por isso não tenha pressa de sair. Puxe uma cadeira, pegue uma boa xícara de café e juntas vamos conversar, compartilhar e incentivar uma as outras a cumprir o nossa chamado de Edificar um lar abençoado!

Ah, não esqueça de contar para as amigas que o blog Adriana de Paula está sendo repaginado. Vem muita coisa boa por aí minha amada, para abençoar a sua vida e a sua família também!

Adriana de Paula

0 comentários:

Eu, dona de Casa?

10:20:00 Adriana de Paula 0 Comments



      Alguns dias atrás ao fazer um cadastro em uma loja, me perguntaram: Qual a sua profissão?
E mais do que de pressa respondi: Dona de casa! Sempre respondo esta pergunta com muito orgulho. Mas naquele dia, ao perceber o olhar da atendente com um certo desdém,  parece que a minha resposta 'dona de casa' soou um tanto desconcertante. Ainda sendo analisada pela atendente que estava a minha frente, como se eu fosse uma pessoa do outro mundo, me peguei pensando: 'Mas porque eu respondi que sou dona de casa??? Porque não disse que sou uma escritora? Ou palestrante? Ou até mesmo uma blogueira? Ou outra coisa qualquer! Mas Dona de Casa? Oh céus!

      Confesso que me senti um tanto diminuída diante do olhar julgador de uma menina que não entendia o chamado de Deus para toda a mulher, em relação a cuidar da casa, a ser dona de casa.
      Ser dona de casa, já não é mais o sonho da maioria das meninas que entram no casamento! Querem casar, ter um maridão, quem sabe um ou dois filhos, mas ser dona de casa, oh não! Não foram criadas para isso! Estudaram anos a fio, conseguiram a profissão dos sonhos e ter que cuidar da casa não está no plano de muitas meninas.

     Sei que nem todas às vezes cuidamos da casa, do marido e dos filhos como algo prazeroso. Que atire a primeira pedra quem nunca sentiu uma hora ou outra que os afazeres domésticos são como um grande fardo!  Com tantos compromissos, com a agenda apertada, com a correria do dia a dia, sempre me pegava reclamando ao ter que fazer as 'coisas menos importantes' dentro de casa. 

       Ainda me lembro quando o Senhor falou comigo a este respeito. Estava estudando o livro de provérbios 31, sobre as qualidades da mulher virtuosa. E umas das qualidades que me chamou a atenção durante aquele estudo, é que ela 'trabalhava de boa vontade' (Pv 31.13) ! A mulher que Deus desenhou em sua palavra como virtuosa, não via os deveres domésticos como um fardo! Ela entendia o princípio de servir! Ela servia a família alegremente, pois entendia que uma das maneiras de demonstrarmos o quanto amamos a família é fazendo algo por eles!

        Como escrevi no livro Mulheres que Edificam, 'Muitas mulheres já não querem aceitar o seu verdadeiro chamado, afinal não foram preparadas para servir. Foram preparadas para serem líderes,  empreendedoras, profissionais liberais e independentes, menos para servir.... Enquanto muitas mulheres acham que servir é um fardo humilhante e que não tem reconhecimento, a mulher sábia serve com alegria, pois ela sabe que servir com alegria é uma das maneiras de demonstrar o seu amor e construir um relacionamento familiar duradouro.'

         Eu sei que nem todos os dias estaremos felizes e nos sentiremos realizadas ao ter que limpar a casa, lavar a roupa, passar ou cozinhar, principalmente quando sentimos que não somos reconhecidas ou estamos extremamente cansadas.  Mas minha amada sirva a sua família com alegria. Ainda que você trabalhe fora, seja uma dona de casa com orgulho! Orgulhe-se por ter um marido para cuidar, por  ter filhos para zelar e amar, de ter uma casa ainda que alugada e humilde, ou grande e luxuosa para cuidar, orgulhe-se em ser uma dona de casa com prazer!

Adriana de Paula

Grandes são os obstáculos que a mulher moderna enfrenta todos os dias, mas o maior de todos os desafios ainda é construir um lar abençoado e fazer da casa um refúgio para a família.
A casa que Deus quer que você construa vai muito além de paredes, portas e janelas. Este livro vai ajudá-la na edificação de um lar feliz e cheio de realizações.

Conheça alguns segredos e dicas que farão o seu casamento e a sua família prosperar em todas as áreas.

Compre já o Livro Mulheres que Edificam e comece hoje mesmo a Edificar um lar abençoado!

Conheça mais sobre o Livro Mulheres que Edificam e outros em nossa loja virtual.

0 comentários:

Dona de casa, Eu?

08:16:00 Adriana de Paula 0 Comments

   

       Ser dona de casa, é uma missão nada fácil. Precisa-se de muita, mas muita graça de Deus mesmo e uma boa pitada de força de vontade. Ser dona de casa nos dias atuais em que a maioria das mulheres trabalham fora é um desafio e tanto. Quase todos os dias me perguntam: 'Mas você não trabalha fora? Como consegue?'

     Sair de casa pela manhã e só retornar a noite já foi meu sonho de consumo. Já desejei muito trabalhar fora, mas quando eu colocava os pingos nos ‘is’, e pensava nos pós e contras, e buscava de Deus uma orientação, chegava a conclusão que ainda não era hora. Precisando muito ajudar o esposo nas finanças, buscava alternativas para trabalhar em casa mesmo. Algumas vezes deu certo, outras não. 

       Recordo-me que nesse tempo, vivíamos muitas privações financeiras,  e eu orava muito pedindo a  Deus que me abrisse uma porta para poder ajudar nas despesas da casa. E sempre a resposta  de Deus era um grande não! Sem entender a resposta de Deus, eu me dedicava a casa e ao chamado de Deus.
         Depois de muitos anos, ainda em casa e sem trabalhar fora, percebo o quanto foi importante ficar  em casa com os meus filhos pequenos. Ainda estou em casa, mas trabalho muito, muito mesmo para dar conta do recado. A minha obediência em ouvir a voz do Senhor quando me dizia que eu não deveria sair de casa, me levou a caminhos que jamais pensei que iria trilhar. 
          Recordo-me que antes de escrever o livro Mulheres que Edificam, apesar de não trabalhar  fora, eu estava tão envolvida com as coisas de Deus, com muitas agendas e viagens, e atividades voluntárias que a minha casa já não era prioridade. Nessa época, Deus me levou a uma situação que eu fiquei dois anos sem exercer o meu chamado e sem me envolver com o ministério feminino (conto esta experiência no livro Mulheres que Edificam). No começo eu chorava muito e não entendia o porque eu estava sendo privada de fazer o que mais amava.  Sempre fui apaixonada pela obra do Senhor, mas de repente Deus diz:’puxa o freio, que tem algumas coisas que preciso te ensinar’. Foi uma experiencia muito dolorida… Mas foi necessário. Hoje eu sei o quanto foi importante aquela experiencia para o ministério que Deus tem me envolvido com mulheres. Foi durante aqueles dias que comecei a escrever e criar o primeiro blog, já que eu estava em uma igreja que não podia ministrar por ser mulher, mas podia escrever!              
           E de lá para cá, tenho me dedicado no cuidado da casa, do marido, dos filhos, da escrita, das ministrações, e tudo quanto mais Deus confiar a mim, mas sem tirar o pé do chão, sabendo que o meu maior chamado é edificar um lar abençoado.
       Adriana de Paula

Grandes são os obstáculos que a mulher moderna enfrenta todos os dias, mas o maior de todos os desafios ainda é construir um lar abençoado e fazer da casa um refúgio para a família.
A casa que Deus quer que você construa vai muito além de paredes, portas e janelas. Este livro vai ajudá-la na edificação de um lar feliz e cheio de realizações.

Conheça alguns segredos e dicas que farão o seu casamento e a sua família prosperar em todas as áreas.

Compre já o Livro Mulheres que Edificam e comece hoje mesmo a Edificar um lar abençoado!

Conheça mais sobre o Livro Mulheres que Edificam e outros em nossa loja virtual.

0 comentários:

Promoção Dia da Mulher!

12:02:00 Adriana de Paula 0 Comments



Em homenagem ao dia da Mulher, ao se inscrever no blog você receberá gratuitamente o e-book 30 DIAS DE ORAÇÃO PELO MARIDO!

Se inscreva Aqui e receba já o seu E-book gratuitamente!

0 comentários:

DIA INTERNACIONAL DA MULHER!

10:27:00 Adriana de Paula 0 Comments

   

    Comemora-se hoje o dia internacional da Mulher, e temos muitos motivos para celebrar ao Senhor! 

    A libertação da mulher não se deu com os movimentos feminista na década de 60, onde mulheres gritavam pelas ruas por liberdade. Já havia acontecido há muito tempo atrás, quando Jesus restitui à mulher o que ela havia perdido lá no jardim do Éden. O movimento feminista reivindicava algo que Jesus já havia feito, mas com uma expectativa diferente, com uma expectativa na eternidade.

     Foi revolucionário o modo como Jesus tratou as mulheres. Ele as tratou com dignidade, as valorizou, e as libertou das suas dores, enfermidades e pecados. Ele não as tratou como seres inferiores, mas as incluiu em seu ministério, e as colocou em pé de igualdade no reino de Deus!

     Ele quebrou barreiras culturais, sociais e religiosas para trazer dignidade às mulheres e mostrá-las que elas também estavam incluídas em seu chamado!

    Na nova aliança Jesus restaurou a posição da mulher. Foi extraordinária a maneira como Jesus amou a mulher. Ele violou regras, quebrou tabus, foi pela contra mão da cultura de sua época para restituir à mulher dignidade e respeito.

    Jesus restituiu à mulher a dignidade de serem chamadas de filhas....

    Jesus restituiu  a uma mulher a dignidade de poder voltar a conviver no meio da sociedade, após tocar nas orlas do seu vestido...

    Jesus restituiu a uma mulher a dignidade de andar de cabeça erguida, depois de dezoito anos andando olhando para o chão...

   Jesus honrou e restituiu a dignidade a uma mulher ao fazer a maior revelação de todos os tempos. Sim foi a uma mulher de pouca ou nenhuma reputação, á beira de um poço que Jesus revelou à sua identidade!

   Minha amada temos muitos motivos celebrar a Deus no dia de hoje! Pois Ele nos restituiu muitos privilégios que havíamos perdido. Nos fez mulheres de honra e glória! (PV 31.25) 

Adriana de Paula,


Se ainda não leu o livro Mulheres Amadas e Aceitas por Deus, não perca mais tempo de ser profundamente tocada com umamensagem de Amor do nosso Deus, apesar de com somos, dos nossos fracassos e dasnossas limitações.
Mulheres Amadas e Aceita por Deus é para você que deseja sair das águas rasas e se aprofundar no amor de Deus.






0 comentários:

Restaura-nos ó Deus!

15:49:00 Adriana de Paula 1 Comments


Final de semana estive ministrando em uma das Igrejas aqui da minha cidade, e tive uma experiencia linda com o Senhor e quero compartilhar com vocês.

 'Restaura-nos, ó Deus; faze resplandecer o teu rosto e seremos salvos' (Salmos 80.3) foi o versículo que Deus colocou em meu coração para estar ministrando. Já havia ministrado esta mensagens algumas vezes e sabia por onde 'andar dentro do sermão', mas naquela noite ouvi a voz suave do Espírito Santo dizer : ' Quero restaurar as minhas filhas, quanto ao chamado de edificar'. Quando ouvi o Senhor me dizendo estas palavras, eu disse: ' Oh, não Senhor! Hoje não é um eventos só de mulheres, é um culto e acredito que o Senhor deseja e precisa restaurar também outra áreas da vida destas mulheres e homens que aqui estão...' e mais uma vez o Espírito Santo falou suavemente ao meu coração: 'Antes de restaurar outras áreas da vida delas, preciso primeiro restaurar a posição delas enquanto mulher'. Confesso que fiquei um tanto temerosa, mas ousei obedecer ao Senhor e andar  por caminhos bem diferentes, do que eu estava acostumada a andar. 

'Restaura-nos ó Deus'. Este foi o clamor do povo de Israel quando estavam no cativeiro Babilônico. Longe da terra natal, longe dos seus familiares e das suas raízes, longe do lugar da adoração, em terra estranha eles clamavam a Deus dizendo: "Restaura-nos ó Deus" (SALMOS 80.3a)

Quando penso em restauração, penso em um vaso ou coisas do tipo, que foram quebrados, mas que ainda dá para ser restaurado. Sei que muitas famílias estão quebradas, e precisam ser restauradas. Mas antes de Deus restaurar a sua casa, a sua família Ele precisa  te restaurar primeiro.

Em uma outra tradução do Salmo 80.3, diz: 'Faze-nos voltar, ó Deus....' Eles estavam perdidos, desorientados, distante de Deus e da sua terra. Não é diferente de muitas de nós. Estamos perdidas, desorientadas e distante dos princípios de Deus para a condução da família! E como o povo de Deus, precisamos desejar voltar atrás, precisamos mais do que nunca sermos restauradas.

Diante das dificuldades e das provações do dia a dia, fomos sendo quebradas aos poucos... Fomos distanciando da vontade de Deus... Deixamos de conduzir o lar como a Palavra de Deus nos instrui e agora muitas de nós estamos perdidas como um cego nomeio de um tiroteio.. Não sabemos mais como fazer, ou melhor não queremos fazer mais do jeito que a Palavra de Deus nos orienta.

Mas minha amada, no meio de tanta confusão e dificuldade em que as famílias estão enfrentado, Deus nos chama para retornar a ser uma mulher totalmente comprometida com a nossa casa. Somos tão tentadas a dividir o nosso tempo e o nosso coração com tantas coisas que não prioridade. Mas nesta hora, ouça Deus te chamando e dizendo ao seu coração 'Quero te restaurar'. Uma mulher restaurada é uma mulher vitoriosa. Ele quer restaurar várias áreas da sua vida, áreas que são tão particular e estão tão quebradas, que até parece que passou um trator por cima, mas minha amada, o nosso Deus é Deus de restauração! Ele vai ajuntar todos os cacos, Ele vai colocar todas as coisas no lugar e fazer de você um Belo Vaso de honra!

Adriana de Paula.


1 comentários:

Família: Lugar de Refúgio ou Campo de Guerra?

10:31:00 Adriana de Paula 0 Comments




Às vezes a nossa casa mais parece um campo minado do que um lugar de refugio. A gente tem que andar com muito cuidado para não pisar nas minas, ou melhor nos ânimos alterados que estão esparramados por toda a casa.

Como em um campo de guerra, você está sempre na defensiva esperando a qualquer momento ser atacada para revidar. É neste lugar cheio de diferenças, conflitos, incompreensões, de palavras ásperas que eu te convido a fazer  um lugar de refúgio

Fazer da casa um refúgio é uma luta diária. Todos os dias teremos que nos empenhar para construir um lugar de paz e harmonia. Um lugar onde todos desejam estar. Onde a esposa, o esposo e os filhos não vejam a hora de voltar para casa.

Toda pessoa precisa de um lugar de refúgio, de um abrigo para se esconder depois de um dia tempestuoso. Dentro de cada um de nós há uma necessidade de um lugar de refúgio. Precisamos mais do que nunca, em um mundo tão conturbado, frenético e cheio de pressões, construir um lugar que seja mais que um abrigo do sol e da chuva, mas seja um esconderijo das agitações do dia a dia,  do medo, das incerteza, dos conflitos, da dor. Um lugar seguro e tranquilo, onde todos poderão inclinar a cabeça e dizer: 'finalmente, estou em casa"! ¹

Mas como fazer da nossa casa um lugar de refúgio? Aqui vai alguns passos para fazer da sua casa um refugio:

Preparar o ambiente para que cada pessoa esteja confortável em casa. Dar uma última organizada na casa antes dos filhos e o marido chegar.

Preparar as refeições ainda que simples por causa da correia do dia a dia, mas delicioso.

Sempre que puder sentar para almoçar ou jantar em família. É sempre abençoador e restaurador compartilhar o pão.

Criar momentos de distração em casa, principalmente se os filhos forem crianças ou adolescentes. Joguinhos, casa imobiliária, quebra cabeça e outras brincadeiras podem fazer da noite um momento bem agradável, além de estar construindo memórias saudáveis.

Celulares, Smartphone, tablets e outros tantos eletrônicos são  uma benção, mas eles podem facilmente nos impedir de se conectar uns com os outros. Defina regras principalmente para as crianças e os adolescentes,  para que haja um momento de interação entre a família.

Ser amável, evitar discussão, elogiar, respeitar a individualidade de cada um, disciplinar os filhos com bondade, mostrar interesse nos interesses de cada membro da família, faz de qualquer casa um lugar seguro e agradável para  estar.

E por fim, mas não menos importante, pelo contrário,  a oração. Orar em família é fundamental para faze da casa um lugar de refúgio. Por meio da oração conhecemos as necessidades um dos outros, somos capacitados a amar mais, a ser mais bondosos. Pode não ser fácil colocar em prática, devido a correria do dia a dia, dos horários que não se encaixam, mas é um esforço que certamente fará do campo de guerra um lugar de refúgio!

Coisas extraordinárias acontecem quando a nossa casa se torna um lugar de refúgio. Cada membro da família se sente feliz por estar lá e são capazes de enfrentar o mundo com confiança e a fazer grandes coisas lá fora.

¹ Trecho livro Mulheres que Edificam, cap 02 - Lar doce lar

Adriana de Paula.

0 comentários: