Restaura-nos ó Deus!

15:49:00 Adriana de Paula 1 Comments


Final de semana estive ministrando em uma das Igrejas aqui da minha cidade, e tive uma experiencia linda com o Senhor e quero compartilhar com vocês.

 'Restaura-nos, ó Deus; faze resplandecer o teu rosto e seremos salvos' (Salmos 80.3) foi o versículo que Deus colocou em meu coração para estar ministrando. Já havia ministrado esta mensagens algumas vezes e sabia por onde 'andar dentro do sermão', mas naquela noite ouvi a voz suave do Espírito Santo dizer : ' Quero restaurar as minhas filhas, quanto ao chamado de edificar'. Quando ouvi o Senhor me dizendo estas palavras, eu disse: ' Oh, não Senhor! Hoje não é um eventos só de mulheres, é um culto e acredito que o Senhor deseja e precisa restaurar também outra áreas da vida destas mulheres e homens que aqui estão...' e mais uma vez o Espírito Santo falou suavemente ao meu coração: 'Antes de restaurar outras áreas da vida delas, preciso primeiro restaurar a posição delas enquanto mulher'. Confesso que fiquei um tanto temerosa, mas ousei obedecer ao Senhor e andar  por caminhos bem diferentes, do que eu estava acostumada a andar. 

'Restaura-nos ó Deus'. Este foi o clamor do povo de Israel quando estavam no cativeiro Babilônico. Longe da terra natal, longe dos seus familiares e das suas raízes, longe do lugar da adoração, em terra estranha eles clamavam a Deus dizendo: "Restaura-nos ó Deus" (SALMOS 80.3a)

Quando penso em restauração, penso em um vaso ou coisas do tipo, que foram quebrados, mas que ainda dá para ser restaurado. Sei que muitas famílias estão quebradas, e precisam ser restauradas. Mas antes de Deus restaurar a sua casa, a sua família Ele precisa  te restaurar primeiro.

Em uma outra tradução do Salmo 80.3, diz: 'Faze-nos voltar, ó Deus....' Eles estavam perdidos, desorientados, distante de Deus e da sua terra. Não é diferente de muitas de nós. Estamos perdidas, desorientadas e distante dos princípios de Deus para a condução da família! E como o povo de Deus, precisamos desejar voltar atrás, precisamos mais do que nunca sermos restauradas.

Diante das dificuldades e das provações do dia a dia, fomos sendo quebradas aos poucos... Fomos distanciando da vontade de Deus... Deixamos de conduzir o lar como a Palavra de Deus nos instrui e agora muitas de nós estamos perdidas como um cego nomeio de um tiroteio.. Não sabemos mais como fazer, ou melhor não queremos fazer mais do jeito que a Palavra de Deus nos orienta.

Mas minha amada, no meio de tanta confusão e dificuldade em que as famílias estão enfrentado, Deus nos chama para retornar a ser uma mulher totalmente comprometida com a nossa casa. Somos tão tentadas a dividir o nosso tempo e o nosso coração com tantas coisas que não prioridade. Mas nesta hora, ouça Deus te chamando e dizendo ao seu coração 'Quero te restaurar'. Uma mulher restaurada é uma mulher vitoriosa. Ele quer restaurar várias áreas da sua vida, áreas que são tão particular e estão tão quebradas, que até parece que passou um trator por cima, mas minha amada, o nosso Deus é Deus de restauração! Ele vai ajuntar todos os cacos, Ele vai colocar todas as coisas no lugar e fazer de você um Belo Vaso de honra!

Adriana de Paula.


1 comentários:

Família: Lugar de Refúgio ou Campo de Guerra?

10:31:00 Adriana de Paula 0 Comments




Às vezes a nossa casa mais parece um campo minado do que um lugar de refugio. A gente tem que andar com muito cuidado para não pisar nas minas, ou melhor nos ânimos alterados que estão esparramados por toda a casa.

Como em um campo de guerra, você está sempre na defensiva esperando a qualquer momento ser atacada para revidar. É neste lugar cheio de diferenças, conflitos, incompreensões, de palavras ásperas que eu te convido a fazer  um lugar de refúgio

Fazer da casa um refúgio é uma luta diária. Todos os dias teremos que nos empenhar para construir um lugar de paz e harmonia. Um lugar onde todos desejam estar. Onde a esposa, o esposo e os filhos não vejam a hora de voltar para casa.

Toda pessoa precisa de um lugar de refúgio, de um abrigo para se esconder depois de um dia tempestuoso. Dentro de cada um de nós há uma necessidade de um lugar de refúgio. Precisamos mais do que nunca, em um mundo tão conturbado, frenético e cheio de pressões, construir um lugar que seja mais que um abrigo do sol e da chuva, mas seja um esconderijo das agitações do dia a dia,  do medo, das incerteza, dos conflitos, da dor. Um lugar seguro e tranquilo, onde todos poderão inclinar a cabeça e dizer: 'finalmente, estou em casa"! ¹

Mas como fazer da nossa casa um lugar de refúgio? Aqui vai alguns passos para fazer da sua casa um refugio:

Preparar o ambiente para que cada pessoa esteja confortável em casa. Dar uma última organizada na casa antes dos filhos e o marido chegar.

Preparar as refeições ainda que simples por causa da correia do dia a dia, mas delicioso.

Sempre que puder sentar para almoçar ou jantar em família. É sempre abençoador e restaurador compartilhar o pão.

Criar momentos de distração em casa, principalmente se os filhos forem crianças ou adolescentes. Joguinhos, casa imobiliária, quebra cabeça e outras brincadeiras podem fazer da noite um momento bem agradável, além de estar construindo memórias saudáveis.

Celulares, Smartphone, tablets e outros tantos eletrônicos são  uma benção, mas eles podem facilmente nos impedir de se conectar uns com os outros. Defina regras principalmente para as crianças e os adolescentes,  para que haja um momento de interação entre a família.

Ser amável, evitar discussão, elogiar, respeitar a individualidade de cada um, disciplinar os filhos com bondade, mostrar interesse nos interesses de cada membro da família, faz de qualquer casa um lugar seguro e agradável para  estar.

E por fim, mas não menos importante, pelo contrário,  a oração. Orar em família é fundamental para faze da casa um lugar de refúgio. Por meio da oração conhecemos as necessidades um dos outros, somos capacitados a amar mais, a ser mais bondosos. Pode não ser fácil colocar em prática, devido a correria do dia a dia, dos horários que não se encaixam, mas é um esforço que certamente fará do campo de guerra um lugar de refúgio!

Coisas extraordinárias acontecem quando a nossa casa se torna um lugar de refúgio. Cada membro da família se sente feliz por estar lá e são capazes de enfrentar o mundo com confiança e a fazer grandes coisas lá fora.

¹ Trecho livro Mulheres que Edificam, cap 02 - Lar doce lar

Adriana de Paula.

0 comentários:

O para sempre é composto de AGORAS

15:38:00 Adriana de Paula 0 Comments
















E viveram felizes para sempre.... Quem nunca sonhou em casar e viver feliz para sempre seja a primeira a levantar as mãos! Eu sei que toda a garota já sonhou em ser Feliz para Sempre, mesma aquelas que não querem dar o braço a torcer. 

Como qualquer garota sonhava em ser feliz para sempre, mas logo depois que me casei, percebi que o felizes para sempre estavam com os dias contados, e que construir um 'Lar doce lar' não seria uma tarefa nada fácil. Eu e o meu amado teríamos que nos esforçar muito para ser feliz um dia de cada vez, pois as diferenças eram tão gritantes a ponto que me fazia pensar, serei que casei com o homem certo?

Depois de tantos anos com o pé na estrada, entendi que o 'Felizes para sempre' é composto de AGORAS, de construção de momentos agradáveis, de escolhas diárias, de enfrentar as diferenças com os pés no chão. Nada de sonhos irreais, de príncipe encantado. Durante todos esses anos ao lado do homem que Deus preparou para mim, tenho aprendido que é possível viver uma vida a dois, abençoada, alegre e gratificante. Um dia FELIZ de cada vez!

Adriana de Paula.

*Trecho do livro Mulheres que Edificam.

0 comentários:

Ser Verdadeira

12:45:00 Adriana de Paula 0 Comments


Ontem enquanto jantava, escutava um comentarista que não sei o nome, fazer uma apologia a festa da carne. Com uma certa empolgação dizia ele, 'no carnaval podemos ser quem somos de verdade, vestidos de fantasia podemos agir como quisermos, sem  medo de ser feliz...' Enquanto ele se gabava de uma das festas mais imorais de todo o mundo, comecei a pensar o porque é tão difícil ser o que é de verdade. E porque para muitas pessoas felicidade está ligado as orgias, drogas, sexo livre e outras tantas coisas prazerosa, mas este é um assunto que falaremos no próximo post.

Não são poucas as pessoas que não conseguem ser quem elas são de verdade. Ao saírem de casa se 'fantasiam' de senhor perfeito e da senhora perfeitinha, e alguns chegam até parecer que tem dupla personalidade. Mas não os culpo, afinal aprenderam desde cedo a serem assim. 'Seja uma boa menina...Não questione com os mais velhos...Não fale alto em publico...' Desde cedo aprendemos a engolir os sapos que a sociedade nos oferece. Ser quem somos de verdade está cada vez mais difícil em uma sociedade mascarada.  Mas ser verdadeiro é o que Deus espera de nós.Que sejamos em publico ou em casa quem somos de verdade. As vezes ser quem você é de verdade pode assustar certas pessoas que tem uma imagem bem diferente de quem você é, mas então porque não buscar de Deus uma transformação para sua vida, e mudanças de atitudes? Porque não buscar de Deus uma vida cristã autentica? Poque não pedir para Jesus ser mais parecido com Ele? Quando você se tornar mais parecido com Jesus você não vai ter medo de ser quem você é. Você não vai precisar usar fantasias e nem tão pouco se esconder para ser quem você é, você vai ser simplesmente quem você é, a semelhança de Cristo.

 A mulher que Edifica busca ter atitudes que glorificam ao Senhor. Busca parecer com Cristo fora de casa e dentro de casa. Na maioria das vezes dentro de casa somos quem somos de verdade. Baixamos a guarda, ficamos a vontade, deixamos transparecer nossos medos, nossas seguranças e nossas falhas. 

Não somos perfeitas,e mais do que ninguém a nossa família sabe disso! Mas devemos lutar com todas as nossas forças para termos atitudes que com outras pessoas certamente teríamos. Quantas vezes não temos paciência quando nossos filhos ou marido derrama uma xícara de café, ou um copo de suco sobre a mesa que acabamos de trocar a toalha. Com uma amiga ou outra pessoa qualquer abriríamos um sorriso e diríamos: 'Oh, não se preocupe, acidentes acontecem...' Mas porque é tão difícil agirmos assim com as pessoas que estão mais próximas do nosso coração? Porque as vezes somos tão rudes com as pessoas que mais deveríamos tratar e servir bem? Oremos por atitudes sábias, por viver aquilo que professamos e sermos mulheres verdadeiras.

No amor de Cristo,
Adriana de Paula.
























0 comentários:

Bíblia da Família

12:19:00 Adriana de Paula 0 Comments

A Bíblia da Família é  uma das minha preferidas. Amo os seus comentários e a maneira como o Pr Jaime Kemp  e sua esposa Judith Kemp abordam alguns assuntos em relação a família.

Trago hoje uma das suas mensagens, que certamente falará ao seu coração.
 
                                    
 "Nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e por meio dela muitos sejam contaminados" ( Hb 12.15b)

Nosso espírito é a parte mais profunda do nosso ser. Por meio dele nos relacionamos com Deus, sentimos afinidade ou a quebra de relacionamentos. Em Romanos 8.16, lemos: " O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus".
Quando um dos cônjuges é magoado, o casamento sofre. É impossível  resolver os conflitos sem restaurar os espíritos feridos. Muitas esposas ferem o espírito de seu marido, ás vezes mesmo sem saber. Isso pode acontecer quando há:

Resistência à liderança: Quando a esposa resiste de forma contumaz em aceitar o marido como líder, ele pode tentar forçá-la a concordar com ele ou afastar-se delegando a responsabilidade da liderança a ela. Daí em diante, ele se torna ausente, distante e omisso.

Falta de confiança nas decisões do marido:  O marido torna-se defensivo e resistente quando sua esposa demonstra desagrado, ansiedade ou discorda seguidamente de suas decisões. Porém se ela manifesta o desejo de cumprir suas resoluções e se dispõe a ajudar, isso pode motivá-lo a reavaliar as suas decisões. Se ele fracassar a esposa precisa estar preparada para enfrentar esse fracasso com ele, tendo em mente que a Bília diz " Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do Senhor; este segundo o seu querer o inclina." ( Pv. 21.1)

Ressentimentos e falhas do passado:  O marido sabe quando a esposa não o perdoou. Isso fica ainda mais evidente quando ela usa os erros dele para convencê-lo a aceitar a sua decisão ou justifica uma falha sua no presente como o que fez no passado.

Falta de espírito de gratidão: Ao reclamar que o seu marido não é o provedor que a família espera e precisa, ele começa perder a motivação de sustentá-la. Quando ela age de modo contrário e demonstra sua gratidão pelo empenho e esforço do marido, a motivação dele aumenta e o leva a batalhar por um prego melhor ou por uma promoção.

Tentativa de corrigi-lo em público: Ironias, sarcasmos, indiretas, críticas em público expõem o marido e denigrem a sua imagem. Todo o marido deseja ter admiração e o respeito da esposa. Ele não falha porque quer. Quando a esposa confia no Senhor e consegue reagir positivamente diante das situações difíceis, Deus pode ensinar o marido sobre o seu erro.

Investigue o seu coração e avalie se, de alguma forma, você tem ferido seu marido. Peça perdão a ele e graça e poder a Deus para modificar sua atitude e seu comportamento.

Jaime Kemp
Extraído Bíblia da Família

0 comentários: