Família: Lugar de Refúgio ou Campo de Guerra?

0 Comments



Às vezes a nossa casa mais parece um campo minado do que um lugar de refugio. A gente tem que andar com muito cuidado para não pisar nas minas, ou melhor nos ânimos alterados que estão esparramados por toda a casa.

Como em um campo de guerra, você está sempre na defensiva esperando a qualquer momento ser atacada para revidar. É neste lugar cheio de diferenças, conflitos, incompreensões, de palavras ásperas que eu te convido a fazer  um lugar de refúgio

Fazer da casa um refúgio é uma luta diária. Todos os dias teremos que nos empenhar para construir um lugar de paz e harmonia. Um lugar onde todos desejam estar. Onde a esposa, o esposo e os filhos não vejam a hora de voltar para casa.

Toda pessoa precisa de um lugar de refúgio, de um abrigo para se esconder depois de um dia tempestuoso. Dentro de cada um de nós há uma necessidade de um lugar de refúgio. Precisamos mais do que nunca, em um mundo tão conturbado, frenético e cheio de pressões, construir um lugar que seja mais que um abrigo do sol e da chuva, mas seja um esconderijo das agitações do dia a dia,  do medo, das incerteza, dos conflitos, da dor. Um lugar seguro e tranquilo, onde todos poderão inclinar a cabeça e dizer: 'finalmente, estou em casa"! ¹

Mas como fazer da nossa casa um lugar de refúgio? Aqui vai alguns passos para fazer da sua casa um refugio:

Preparar o ambiente para que cada pessoa esteja confortável em casa. Dar uma última organizada na casa antes dos filhos e o marido chegar.

Preparar as refeições ainda que simples por causa da correia do dia a dia, mas delicioso.

Sempre que puder sentar para almoçar ou jantar em família. É sempre abençoador e restaurador compartilhar o pão.

Criar momentos de distração em casa, principalmente se os filhos forem crianças ou adolescentes. Joguinhos, casa imobiliária, quebra cabeça e outras brincadeiras podem fazer da noite um momento bem agradável, além de estar construindo memórias saudáveis.

Celulares, Smartphone, tablets e outros tantos eletrônicos são  uma benção, mas eles podem facilmente nos impedir de se conectar uns com os outros. Defina regras principalmente para as crianças e os adolescentes,  para que haja um momento de interação entre a família.

Ser amável, evitar discussão, elogiar, respeitar a individualidade de cada um, disciplinar os filhos com bondade, mostrar interesse nos interesses de cada membro da família, faz de qualquer casa um lugar seguro e agradável para  estar.

E por fim, mas não menos importante, pelo contrário,  a oração. Orar em família é fundamental para faze da casa um lugar de refúgio. Por meio da oração conhecemos as necessidades um dos outros, somos capacitados a amar mais, a ser mais bondosos. Pode não ser fácil colocar em prática, devido a correria do dia a dia, dos horários que não se encaixam, mas é um esforço que certamente fará do campo de guerra um lugar de refúgio!

Coisas extraordinárias acontecem quando a nossa casa se torna um lugar de refúgio. Cada membro da família se sente feliz por estar lá e são capazes de enfrentar o mundo com confiança e a fazer grandes coisas lá fora.

¹ Trecho livro Mulheres que Edificam, cap 02 - Lar doce lar

Adriana de Paula.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.