Ser Verdadeira

0 Comments

Ontem enquanto jantava, escutava um comentarista que não sei o nome, fazer uma apologia a festa da carne. Com uma certa empolgação dizia ele, 'no carnaval podemos ser quem somos de verdade, vestidos de fantasia podemos agir como quisermos, sem  medo de ser feliz...' Enquanto ele se gabava de uma das festas mais imorais de todo o mundo, comecei a pensar o porque é tão difícil ser o que é de verdade. E porque para muitas pessoas felicidade está ligado as orgias, drogas, sexo livre e outras tantas coisas prazerosa, mas este é um assunto que falaremos no próximo post.

Não são poucas as pessoas que não conseguem ser quem elas são de verdade. Ao saírem de casa se 'fantasiam' de senhor perfeito e da senhora perfeitinha, e alguns chegam até parecer que tem dupla personalidade. Mas não os culpo, afinal aprenderam desde cedo a serem assim. 'Seja uma boa menina...Não questione com os mais velhos...Não fale alto em publico...' Desde cedo aprendemos a engolir os sapos que a sociedade nos oferece. Ser quem somos de verdade está cada vez mais difícil em uma sociedade mascarada.  Mas ser verdadeiro é o que Deus espera de nós.Que sejamos em publico ou em casa quem somos de verdade. As vezes ser quem você é de verdade pode assustar certas pessoas que tem uma imagem bem diferente de quem você é, mas então porque não buscar de Deus uma transformação para sua vida, e mudanças de atitudes? Porque não buscar de Deus uma vida cristã autentica? Poque não pedir para Jesus ser mais parecido com Ele? Quando você se tornar mais parecido com Jesus você não vai ter medo de ser quem você é. Você não vai precisar usar fantasias e nem tão pouco se esconder para ser quem você é, você vai ser simplesmente quem você é, a semelhança de Cristo.

 A mulher que Edifica busca ter atitudes que glorificam ao Senhor. Busca parecer com Cristo fora de casa e dentro de casa. Na maioria das vezes dentro de casa somos quem somos de verdade. Baixamos a guarda, ficamos a vontade, deixamos transparecer nossos medos, nossas seguranças e nossas falhas. 

Não somos perfeitas,e mais do que ninguém a nossa família sabe disso! Mas devemos lutar com todas as nossas forças para termos atitudes que com outras pessoas certamente teríamos. Quantas vezes não temos paciência quando nossos filhos ou marido derrama uma xícara de café, ou um copo de suco sobre a mesa que acabamos de trocar a toalha. Com uma amiga ou outra pessoa qualquer abriríamos um sorriso e diríamos: 'Oh, não se preocupe, acidentes acontecem...' Mas porque é tão difícil agirmos assim com as pessoas que estão mais próximas do nosso coração? Porque as vezes somos tão rudes com as pessoas que mais deveríamos tratar e servir bem? Oremos por atitudes sábias, por viver aquilo que professamos e sermos mulheres verdadeiras.

No amor de Cristo,
Adriana de Paula.


























You may also like

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.