BELA, RECATADA e do LAR

0 Comments

Desde que a revista Veja publicou na semana passada uma matéria a respeito  de Marcela Temer com o título: Bela, Recatada e do Lar, muito burburinhos e polemicas surgiram nas redes sociais a respeito do perfil da mulher. De um lado feministas e ativistas contra atacando  a figura da mulher como recatada e do lar, em detrimento de 'ser o que quiser', 'livre' e 'solta'. Do outro lado, mulheres que entendem o seu maior chamado, e missão de cuidar da família. E no meio, mulheres confusas sem saber ao certo a sua posição.

Essa confusão não é de hoje. Desde que começou o movimento feminista nos Estados Unidos, em que as feministas saíram com faixas e cartazes gritando pelas ruas: "Mulheres, saíam de casa!", Trabalhem fora!", "Lugar de mulher é na Casa Branca", a confusão se instalou. Querem nos convencer a todo o custo que o lugar da mulher não é em casa! Que o nosso lugar é em qualquer lugar, menos dentro de casa! Mas porque não pode ser fora e dentro de casa ao mesmo tempo? Acho que a questão não é onde é o nosso lugar, e sim onde está o nosso coração! A Bíblia diz que onde está o seu tesouro ali estará o seu coração. E qual o seu maior tesouro? Qual o seu maior patrimônio? Se for o seu lar, acredito que o seu coração estará lá!

Já me senti bastante confusa quanto ao meu papel enquanto mulher. Hoje posso dizer que sou bem resolvida nesta questão. Sou do lar por uma questão de escolha. Escolhi não trabalhar fora. Em Eu Dona de Casa, falo sobre essa decisão e acredito ser a melhor decisão que já fiz. Ficar em casa o tempo todo e não trabalhar fora é uma questão de escolha. Não devemos sentir pressionada a ficar em casa porque lá é o nosso lugar, como dizem alguns. Isso soa um tanto machista. Devemos ficar em casa, seja o tempo todo ou parte dele, porque o nosso coração está lá! Porque entendemos o nosso chamado! Porque amamos cuidar daquilo que Deus nos deu. Amamos cuidar do marido, dos filhos, da casa, ainda que não seja em tempo integral. Ainda que você trabalhe fora, ou seja uma  empreendedora dentro de casa, ou viaje nos finais de semana como eu, atendendo ao chamado do Senhor, não deixe que nada e ninguém tire de você este privilégio de ser do lar.

Apesar de ser do LAR, não sou  exclusiva do lar. E a maioria das mulheres que conheço não o são. Tenho que me desdobrar muito para cuidar do lar e realizar tudo aquilo que Deus confiou a mim.  Mas a mulher de Provérbios 31 também não era exclusiva do lar! A mulher que Deus idealizou em sua Palavra era do lar, cuidava da casa, dos filhos e do marido ( Pv 31.15,21,27). Mas também era uma empreendedora, tecia e vendia aos mercadores (Pv 31.24), e ainda encontrava tempo para cuidar dos pobres e estrangeiros ( Pv 31.19)! Ela era tão atuante quanto a maioria de nós! Ela se desdobrava para dar conta do recado! E foi chamada de virtuosa, porque conseguia conciliar casa, marido, filhos, profissão ( só para lembrar, tapeceira) e outras atividades que o tempo lhe permitia.

Minha amada não se sinta confusa quanto ao seu papel e chamado! Ser do LAR não deve ser denotado como algo insignificante, desprezível e até mesmo humilhante. Ser do Lar é muito mais que estar lá o tempo todo. É ter o coração voltado para a família. É ter a família como prioridade. É às vezes ter dupla jornada para dar conta do recado. É ter o coração no lar! 

Adriana de Paula

Grandes são os obstáculos que a mulher moderna enfrenta todos os dias, mas o maior de todos os desafios ainda é construir um lar abençoado e fazer da casa um refúgio para a família.
A casa que Deus quer que você construa vai muito além de paredes, portas e janelas. Este livro vai ajudá-la na edificação de um lar feliz e cheio de realizações.

Conheça alguns segredos e dicas que farão o seu casamento e a sua família prosperar em todas as áreas.

Compre já o Livro Mulheres que Edificam e comece hoje mesmo a Edificar um lar abençoado!

Conheça mais sobre o Livro Mulheres que Edificam e outros em nossa loja virtual.



You may also like

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.