Desafio Mãe e Filhos - 31º Dia

0 Comments
Durante estes trinta e um  dias, travamos uma batalha de oração, a favor de nossos filhos. Pela graça de Deus chegamos ao final do nosso propósito.  Muitas foram as lutas e barreiras que enfrentamos para chegar até aqui, mas aqui estamos, confiantes que Aquele que começou a boa obra em nós e na vida de nossos filhos, certamente a concluirá.
Tenho recebido mensagens de mães que já estão vendo o agir de Deus na vida dos seus filhos. Quem sabe você também já está vendo mudanças, transformação, salvação e cura na vida de seus filhos, e eu ficaria muito feliz em ler nos comentários o seu testemunho, pois  certamente edificará a vida de outras mães e a minha também. Mas se você ainda não está vendo ou percebendo  nada, e se o seu filho continua na mesma situação que antes, não desanime e nem desista de continuar buscando e clamando pela vida deles. Minha amada, vai valer apena todo o sacrifício que você fez diante de Deus, durante estes  tinta e um dias. Toda a sua oração, clamor e lágrimas foram colhidas por Deus, por isso  não desista de clamar por eles, ainda que seu filho ou filha seja um caso perdido para muitos, mas não é para você, e nem para o seu Deus! 
Lutar pelos filhos é coisa de mãe. Lembro-me da mulher cananeia. Ela enfrentou tudo e a todos pela libertação de sua filha, que estava possessa por demônios. Com coragem e fé, ela foi rompendo as  barreiras que iam surgindo à sua frente, até que o Senhor Jesus atentou para ela, libertando a sua filha. Minha amada, assim como a mulher cananeia, enfrente tudo àquilo que surgir no seu caminho para tentar te fazer parar. Não esqueça, você não está sozinha nesta batalha pela vida de seus filhos. O senhor está com você e te fará uma mãe vitoriosa! Sei que às vezes sentimo-nos sem força para continuar lutando em oração. Parece que quanto mais oramos, mais a batalha é travada, mais nos sentimos impotente e sem forças para continuar. Mas são nestes momentos que precisamos confessar as nossas fraquezas, como Jeosafá confessou a Deus, dizendo: 'Senhor em mim não há força, diante do grande exercito que vem contra mim' . É quando não temos força em nós mesmas, é que Deus deposita em nós o seu extraordinário poder! Poder para continuar orando. Poder para continuar clamando. Poder para ministrar na vida dos filhos. Poder para crê no impossível! 


No amor de Cristo, 
Adriana de Paula.


__________________________


Adriana de Paula é natural de Cuiabá - MT, mas recentemente mudou-se para São Paulo. É formada em Teologia, é membro da Igreja Assembleia de Deus. Esposa e mãe de dois filhos maravilhosos. Ama ler e escrever, e a sua paixão pela escrita levou-a a escrever o livro Mulheres que  Edificam e Mulheres Amadas e Aceitas por Deus.  Ama trabalhar com o ministério feminino, e a sua maior paixão é ver Deus levantar e restaurar mulheres.




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.