Devolvendo às Rédeas ao Marido

17:03:00 Adriana de Paula 6 Comments



Uma das maiores queixas que eu ouço depois das ministrações da palestra “Mulheres que Edificam”, é a falta de liderança do esposo. São mulheres frustradas por ter um esposo que não assume a liderança da casa e não se preocupa com as necessidades da família.

Ainda me lembro da angústia de uma mulher ao compartilhar a sua frustração por não ter um esposo de ‘atitude’. Enquanto conversávamos, eu perguntei:
— Ele foi sempre assim? Você já deu a ele o ‘espaço’ necessário para se tornar o líder do seu lar? Ela, com os olhos cheios de lágrimas, respondeu:
— Não, eu nunca dei espaço a ele. Eu sou uma mulher muito afoita, quero tudo para ontem e não consigo esperar por ele.

Naquele dia, quando cheguei em casa, fui inspirada a escrever este post com o título: “Devolvendo às Rédeas ao Marido”. Quantas vezes os homens até tentam assumir o seu papel de liderança, mas na maioria das vezes, não recebem apoio e são podados na primeira tentativa. Eles até tentam assumir as rédeas, mas nós não a entregamos, insistimos em assumir a liderança do lar, trazendo um desequilíbrio, pois não foi desta maneira que Deus projetou para que o nosso relacionamento tenha sucesso.

Os homens gostam de desafio! Está em sua natureza. Eles amam a emoção da caçada. Até alguns anos atrás eram eles que iam em busca de um relacionamento, mais hoje em dias nem sempre acontece assim. As meninas estão mais 'atiradas.' Em toda a historia humana há registro dos homens como caçadores e as mulheres como receptores

As Escritura nos revela esta verdade. Que Deus projetou os homens e as mulheres desta forma. Enquanto Deus criou Adão como protetor e provedor, "O Senhor Deus tomou o homem e o colocou no jardim do Éden para o lavrar e o guardar" (Gênesis 2:15), criou Eva como ajudante de Adão, àquela que auxiliaria Adão em todas suas tarefas, o apoiaria e o incentivaria a cumprir o propósito de Deus (Gn 2.18,20). Enquanto Deus criou o homem como protetor e provedor e a mulher foi projetada para ser a sua auxiliar.

Está no DNA de cada homem.... ser provedor e protetor. Mas infelizmente muitos homens já não conseguem ou não querem assumir o seu papel de liderança - provedor e protetor.

Como disse Mary Kassian "O homem é o caçador e a mulher é o coletor, o homem deve prover para a mulher. Então, se ela começa a fornecer para ele, ela desprende energia masculina, e joga tudo fora de equilíbrio". Com isto eu não estou querendo dizer que as mulheres não devem auxiliar o esposo na busca de um bem estar melhor para a família, e até mesmo do sustento, mas o que eu quero dizer é que os papeis não devem ser trocados. Apesar da mulher poder auxiliar o esposo nas finanças, ela precisa enter o seu papel no plano de Deus para o casamento.

Deus criou o homem e a mulher igual em sua pessoalidade, enquanto diferente e único em sua função, isto é, cada um tem o seu papel distinto. Enquanto o homem foi designado com a responsabilidade de liderança amorosa e de servo ( como a de Cristo), a mulher foi criada para honrar e afirmar a liderança do seu marido.

Infelizmente vivemos em uma época em que as mulheres não querem mais honrar e apoiar a liderança do marido. Lutamos tanto pela igualdade, mas acho que perdemos a guerra. Aquilo que era para ser uma luta pela dignidade e direitos iguais, passou a ser uma luta pela superioridade. Hoje para muitas mulheres, não basta ser igual ao esposo, precisa ser superior.

Na verdade esta briga entre os sexos é bem antiga. Lembra-se de Eva? Ao comer do fruto ela estava revelando o que está no coração da maioria da mulheres: Conduzir às rédeas! Somos tentadas constantemente à tomar as rédeas do marido. A tomar as decisões, a impor os nossos desejos. Não sei você, mas todas às vezes que eu tentei conduzir às rédeas do meu casamento não deu certo, a 'coisa' não andava, saíamos do caminho, da direção certa. Quando percebi que eu não seria capaz de levar a 'carrocinha' ou a caruagem do meu casamento (como você achar melhor), decidi devolver às rédeas ao meu esposo, a quem Deus confiou conduzir às rédeas da minha família.

Minha querida entregue também às rédeas ao seu esposo. Encoraje o seu esposo a ser um líder amoroso, sendo uma mulher sábia e prudente.Ninguém pode encorajar e inspirar a seu marido, mas do que você, que foi criada para isto. Incentive-o a ser tudo aquilo que Deus planejou para ele, através de uma vida piedosa e de oração. Pois a "oração de um justo pode muito em seus efeitos", e com certeza esta verdade vale para a 'esposa justa'.

Adriana de Paula

6 comentários:

Construa Orando pelo seu Marido

16:34:00 Adriana de Paula 5 Comments




" A mulher sábia  Edifica a sua casa..." Pv 14.1

Uma das maneiras de Edificar é orando. 

Como esposa, você necessita adquirir  o hábito de orar continuamente e sem desistir, ainda que surjam obstáculos para fazê-la parar, continue orando e pedindo.

Construir um casamento abençoado dá muito trabalho, mas a oração é uma ferramenta poderosa que te ajudará nesta tarefa tão gratificante.

Através da oração  você pode ver o poder de Deus sobre sua vida, seu marido e seu casamento.

No livro Mulheres que Edificam, a oração é como uma 'massa de cimento' para a construção do lar. Para se erguer paredes precisa-se muito mais que um empilhamento de tijolos. É necessário que os tijolos estejam ligados um ao outro com uma 'massa de cimento'. Na 'casa' em que estamos construindo não é diferente! Os tijolos precisam estar ligados e firmados um ao outro por uma forte argamassa para que as paredes não caiam ou desmoronem com facilidade. A oração é esta forte argamassa, e é com ela que erguemos as paredes dos nossos relacionamentos com os nossos esposos e filhos.

Como edificadoras precisamos reconhecer o quanto a oração é importante na nossa construção.Espero profundamente que este desafio de oração, incentive-a a confiar em Deus para a transformação do seu marido, reorientar sua perspectiva sobre o poder de Deus, em vez de olhar para a sua própria situação.

Neemias quando soube da situação em que se encontrava Jerusalém depois da invasão babilônica, chorou, lamentou orou e jejuou ( Ne1.4). Ele não ficou simplesmente olhando para a situação em que se encontrava a cidade, que estava com as portas queimadas e os muros quebrado, deixando o povo indefeso ao ataque do inimigo. Mas ele acreditou no poder de Deus e ousadamente se levantou para reerguer os muros de Jerusalém! Não foi uma tarefa fácil, vários inimigos se levantaram contra ele, mas em apenas cinquenta e dois dias ele e o povo reconstruíram o muro de Jerusalém.

Mas como ele fez isto? Ele fez isto em Oração! (Ver  Ne 1.5-11; 2.4; 4.9; 6.9; 9.5-38)
Aqui está o segredo do sucesso de Neemias: Ele era um homem de oração!

Este é o segredo do sucesso da sua construção: você precisa se tornar uma mulher de oração, pois é através da oração que você encontrará graça e misericórdia  para esta tão grande construção

"Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno" ( Hebreus 4.16) 

* Trecho livro Mulheres que Edificam, com algumas modificações.

5 comentários: